https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Islo-Nantes

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Islo-Nantes

A INSPIRACAO

 
A INSPIRACAO
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Adoro escrever
Toma-nos algum tempo
Mas cuido de voce
E lapido o sentimento

Escrever e esta casado
Com a inspiracao permanente
E nao ter ciume adoidado
De quem lhe ama verdadeiramente

Pode ser no Maracana lotado
Ou no expresso do Oriente
E viver o inesperado
Que lhe surpreende sempre

Todos possuem inspiracao?
Podemos dizer que sim!
Olhem os poetas de nossa nacao
E as provas que estao aqui

Escrevemos sobre a saudade
Que nos aumenta o desejo
Escrevemos da suavidade
De nosso primeiro beijo

Escrevemos sobre a dor
E o odio que envenena
Escrevemos sobre o amor
Que sempre leva a uma felicidade plena

E da onde vem a inspiracao, entao?
Vem daquele que a nos emprestou
Pelo seu grande amor pela criacao
Que Ele nunca abandonou
Gloria ao teu nome nas Alturas
O supremo criador!
© 2009 Islo Nantes Music
globrazil@verizon.net or globrazil@hotmail.com
 
A INSPIRACAO

AS MENINAS

 
AS MENINAS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sao divinas
As meninas
Que caminham lindas
Derramando os seus charmes pelas avenidas

Trazem seus belos sorrisos
Os amores mais precisos
Os olhares mais bonitos
Que alegram nossas vidas

Elas mudam a cor dos dias
Transforma noites negras em manhas de alegrias
E nos fazem dirigir na contramao

Elas nos fazem sentir-se mais atraentes
Nos dao alegrias diferentes
Nossos sangues ficam mais quentes
E revitalizam o coracao

Sao doces criaturas
Meninas de eternas ternuras
Inesqueciveis aventuras
Elas sabem que sao queridas

Sejam ruivas, loiras, negras ou morenas
Sao todas garotas de Ipanema
Sao belezas serenas
Necessarias em nossas vidas

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
 
AS MENINAS

LICAO

 
LICAO
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Hoje eu vi seu olhar diferente
Quando cruzamos olhares na estacao
Voce passou tao linda como sempre
E eu passei aprendendo uma licao

Voce seguiu toda apressada
Sumindo na correnteza da multidao
E eu segui com a mente ocupada
Vendo como e grande a nossa solidao

Como pode nos dois
Que ja tivemos tanto amor
Dividirmos tanta dor
Num simples olhar
Como pode nossos olhares depois
Refletirem-se tao vazios
Cumprimentando-se tao frios
E nem mesmo podemos disfarcar?

Hoje entao descobrir sozinho
Porque meu coracao amargurado chora
Porque um dia numa noite de carinhos
Voce prometeu que jamais iria embora

Hoje senti cada um vivendo no seu mundo
Carregando a sua pesada cruz
No coracao aquele odio profundo
E no olhar o brilho que ja nao reluz

© 2009 Islo Nantes Music
 
LICAO

E DEUS CRIOU...

 
E DEUS CRIOU….

(Luiz Islo Nantes Teixeira)

E Deus criou Satanas somente para servi-lo
Embora muitos neguem esta grande verdade
E nos o usamos como o bode expiadorio da humanidade
E ate acreditamos que podemos destrui-lo

E Deus criou os homens para habitarem a terra
E sonharem com uma paraiso que realmente nao existe
E usamos Satanas para todos males que Deus permite
E os homens se amam e se odeiam fazendo a guerra

E Deus criou a mulher que saiu da minha costela
Para fazer amor e multiplicar a criacao
Ou para cortar os cabelos de cada Sansao

E Deus criou esta terra tao bela
Que estamos levando a destruicao
Com as heresias de cada nova religiao

© 2007 Globrazil/Islo Nantes Music

Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com

Office: (914) 699-0186 or Cell: (914) 776-4867
USA
 
E DEUS CRIOU...

A SOLIDAO COMO COMPANHIA

 
A SOLIDAO COMO COMPANHIA
(Luiz Islo Nantes Teixeira/Carolina Teixeira)

Hoje te vejo desiludida
Tentando me falar de sua vida
E me chamar a atenção
Mas meu coração ficou vazio
E ficou ate mais frio
Sem nenhuma emoção

Pois não vejo razão
Te abrir meu coração
Para alguém que já me machucou
Não quero entrar no seu jogo
E brincar com um fogo
Que um dia já me queimou

As vezes tenho vontade
De te falar a verdade
Que você ainda não percebeu
Não quero ouvir o seu nome
Nem te falar ao telefone
Nosso caso já morreu

Já enfrentei chuvas fortes
Rios que causaram mortes
E ventos que destruíram cidades
Mas sofri mais do que tudo
Um verdadeiro absurdo
Sentindo suas saudades

Por isso hoje já curado
Prefiro ter ao meu lado
A solidão como companhia
Pois prefiro ficar sozinho
Do que mal acompanhado no caminho
Do meu dia a dia.

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil (ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
http://www.yesportes.com/
 
A SOLIDAO COMO COMPANHIA

NINGUEM SABE

 
NINGUEM SABE
(Luiz Islo Nantes Teixeira/Carolina Teixeira)

De onde viemos? ninguem sabe, ninguem viu!
Viemos do macaco ou o macaco veio de nos?
Quem fez esta declaracao certamente ja sumiu
Se escondeu em alguma buraco e nao tem porta-voz

Pra onde vamos? Ninguem sabe dizer ao certo
Dizem que depois da pessoa morta
Pode ser a eternidade ou o inferno
Mas isto ainda nao e uma boa resposta

Sera que foi na grande explosao
Ou nunca houve explosao alguma
Que tenha criado a civilizacao?

E a evolucao pode ser uma
Ou pode ser so especulacao
Que nao nos dara solucao alguma!

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
http://www.yesportes.com/
 
NINGUEM SABE

DUAS MULHERES NUAS

 
Duas Mulheres Nuas
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Olhando atraves das janelas abertas
No sol da manha dourada
Vejo duas mulheres esbeltas
Completamente nuas na piscina azulezada

Brincam com as aguas transparentes
Que acariciam suas curvas nuas
E mergulham bem contentes
Expondo as duas pequenas meias-luas

Se divertem atras do muros proibidos
Como se estivessem sozinhas no mundo
E os meus olhos atonitos e atrevidos
Me levam ate a piscina, bem la no fundo

Duas mulheres nuas, duas obras primas
Embelezando a paisagem natural
Na manha dourada
Todas as duas tao divinas
Tao belas, sorridentes, que visual!
Que guardo na memoria extasiada

Parecem que nao sabem dos meus olhos furtivos
Que filmam todas as cenas
Ah! Meu coracao, meus olhos estao cativos
Enfeiticados pelas duas mulheres nuas e morenas

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/
 
DUAS MULHERES NUAS

DOIS RIOS

 
DOIS RIOS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Eramos como dois rios perdidos
Correndo por caminhos diferentes
Chegando a distantes portos
Levando os miseros mortos
Na furia de nossas enchentes

Expandiamos pelos vales floridos
Cortando os montes em dois
Saltando das altas cachoeiras
E esculpindo nas pedreiras
A estoria que todos leriam depois

E diante de nosso furor
Na nossa briga contra os vendavais
Derrubamos todos os abrigos
Os monumentos mais antigos
E encurralamos os animais

Mas como dois rios perdidos
Convergendo para o mesmo caminho
Nos abracamos no encontro das aguas
E nos entregamos nos beijos da aguas
E acostumamos com o carinho

E agora somos dois rios unidos
Que se tornou um rio bem maior
E para o balanco das ondas do mar
Seguimos aprendendo a se dar
E assim conhecemos o amor

E assim hoje mais tranquilos
Somo dois rios morando no mar
E assim hoje mais unidos
Nao podemos mais nos separar

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/
 
DOIS RIOS

AQUELAS AMIGAS VERDES

 
AQUELAS AMIGAS VERDES
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sentiremos saudades daquelas amigas
De raizes tao produndas
Que as tempestades nao podem arrancar
Aquelas altas e bonitas
Que escondem as lagoas fundas
Onde as cachoeiras vao mergulhar

Sentiremos saudades daqueles frutos
Que tanto os honestos como os corruptos
Podem vir e saborear
Sentiremos saudades daqueles verdes
Que cobrem a terra com seus tapetes
Ate onde os olhos nao podem alcancar

Preservar e viver com mais paixao
Ter ar mais puro para nossos pulmoes
Respeitar diversidade da criacao
Ver o amor crescer em nossos coracoes
Sentiremos saudades das amigas verdes
Onde amarravamos nossas redes
Admirando o Negro e o Solimoes

Sentiremos saudades do fruto maduro
Quando um dia no distante futuro
Ja nao termos nenhuma beleza para admirar
Quando o solo for seco e bem duro
Derramaremos muitas lagrimas no escuro
Por destruirmos nosso mundo , nosso lar

Sentiremos saudades daquelas amigas
Que como torres erguidas
Abrigam os animais em algum lugar
Aquelas mesmas altas e verdejantes
Onde as serras e cegueira dos ignorantes
So querem desmatar.

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
USA - (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/
 
AQUELAS AMIGAS VERDES

EU E MINHA SOGRA

 
EU E MINHA SOGRA
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Sera que ha lugar para minha sogra no paraiso ? Claro que nao!
Senao ja nao seria mais um paraiso, mas o inferno verdadeiro!
E o diabo perderia o seu reinado e se tornaria um misero jardineiro
Cuidando dos jardins suspensos da nova e infernal mansao

A minha sogra espalharia suas garras sobre toda a terra, convencida
E se iludiria achando que o mundo estaria otimo, misera louca!
Ah! Se eu pudessemos cortar-lhe a lingua e costurar-lhe a boca
A flor , o vinho, a noite e a filha seriam os presentes em minha vida

Ah! eu respeito a minha sogra, mas nao lhe dou minha simpatia
Ja caiu tijolo de alto de um predio perto de minha cabeca
E tenho certeza que foi a desgracada que errou a pontaria

Mas eu ja decidi nao deixar que ela me destrua, nem a minha princesa
Quando ela morrer eu a cremo e a enterro por mais garantia
Sabe o que e, com minha sogra nunca se pode dar moleza

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
 
EU E MINHA SOGRA

NASCEU UMA ESTRELA, CAROLINA!

 
NASCEU UMA ESTRELA, CAROLINA!
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Nasceu uma estrela, Carolina!
Mas que eu esperava ansiosamente
Ela e tao pequena que delicadamente
E eu a seguro, oh! Bela menina!

Nasceu para reinar, sempre!
Ja que ela nao e menos do que uma princesa
E no mundo nao ha maior realeza
Que a possa vence-la, sinceramente!

Ela me faz ficar flutuando, abobalhado,
Na alegria deste doce momento
Que acabo ate chorando, emocionado!

Bebe que dorme e dorme, minha amada!
Mas no seu primeiro atrevimento
Sempre me acorda de madrugada!

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
 
NASCEU UMA ESTRELA, CAROLINA!

ENCONTRO DOS DIGNOS

 
ENCONTRO DOS DIGNOS
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Um homem so, na noite vazia, nao necessita de cama
Se ele nao tem alguem que o ama
E se sua cama ainda esta vazia
Ele necessita o toque suave de uma mao
Que recolha as suas lagrimas de solidao
E lave de seu rosto toda agonia

Um mulher so, na noite vazia, nao necessita de carinho
Se este carinho vem de alguem mesquinho
E seu coracao ainda esta triste
Ela necessita de amparo de alguem serio
Que tambem esteja buscando algo serio
Para apagar a dor que existe

Duas pessoas sos, na noite vazia, nao necessitam decepcoes
Se o que so encontram sao meras ilusoes
Que os fazem sentirem-se mais sozinhos
Eles necessitam de um encontro dos dignos
Para que seus beijos,abracos, sorrisos e signos
Sejam abencoados em seus carinhos

Este homem e esta mulher
Precisam um do outro
Mas nao escrevo o destino
Mas posso procura-la onde estiver
E descobrir tamanho tesouro
Por que eu sou este homem so e peregrino

Duas pessoas que se libertam das noites frias
So precisam amar-se nas caricias sadias
E nao se preocuparem mais com o tempo
Pois agora eles possuem uma cama cheia
Os carinhos invejando a vizinhanca alheia
E o amor como o melhor sentimento.

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.islonantes.com/
http://www.yesportes.com/
 
ENCONTRO DOS DIGNOS

PRA QUE JANTAR FORA?

 
PRA QUE JANTAR FORA?
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Traga toda semana
Uma flor para a flor
Onde voce tem seu amor
Nao espere para depois
Seja homem bacana
Compre com carinho
Uma garrafa de vinho
Para um jantar a dois

Compre as velas
Limpe as tijelas
Use as panelas
Aquelas que ela adora
Prepare o salmao
Tempere o feijao
Ponha uma cancao
Pra que jantar fora?

Quando ela chegar cansada
Se sentira renovada
Com a sua atencao
Seja esperto
E o seu teto
E onde ela ficara entao
E voce fara morada
No coracao da amada
Que ninguem destruira,nao!
E voce sera o campeao

Beije-a bastante
Seja aquele amante
Mas o melhor ouvinte
Do mundo, meu amigo
E ela sera toda sua
Vestida ou nua
Na sol e ou na lua
E sempre no seu abrigo.

© 2009 Islo Nantes Music
 
PRA QUE JANTAR FORA?

MENTIRA CONVINCENTE

 
MENTIRA CONVINCENTE
(Luiz Islo Nantes Teixeira/Carolina Teixeira)

Tem pessoas que juram de joelhos
E outras choram arrancando os cabelos
Fingindo dizer a verdade
Mas todo aquele que jura sempre mente
E o que chora mais parece convincente
Na sua propria falsidade

Pois mentira convincente
Na verdade nao engana ninguem
E melhor a verdade crua e de repente
Sim fere, mas faz tanto bem

Tem as mulheres casadas
Que saem pintadas
Rumo ao salao supostamente
Mas vao a restaurantes
De maos dadas com os amantes
Que as iludem sempre

Pois meias palavras bonitas
As deixam desejadas e aditas
E elas abrem as pernas na cama
Depois voltam pra casas quietas
Bancando as santas discretas
Mas quem trai so si mesmo se engana

Tem pessoas…

Tem os homens importantes
Que empregam loiras ignorantes
Para cantar debaixo das mesas
As cancoes dos microfones
Aos inves de atenderem os telefones
Que dao lucros as empresas

Pois acham viver perigosamente
Melhor do que viverem decentemente
Como maridos exemplares
Mas mal sabem que estes deslizes
Trazem dor e cicatrizes
Para seus proprios lares

Tem pessoas...

Cantiga de roda

Terezinha traiu Narcizo
E Narcizo que traiu Terezinha
Entao nasceu Rodrigo
Que e filho da vizinha

Terezinha teve um menino
Um menino muito bagunceiro
Ele tem um nariz bonitinho
Mas parece o do bicheiro

Narcizo traiu Terezinha
E Terezinha traiu Narcizo
Vivem de briga com a vizinha
O bicheiro e o pior inimigo

Trairam tanto, tanto
Que perderam o rumo
Hoje vivem na dor e pranto
Como os mais infelizes do mundo

(c) Islo Nantes Music/Globrazil
Globrazil@verizon.net ou Globrazil@hotmail.com
http://www.yesportes.com
 
MENTIRA CONVINCENTE

O DINHEIRO

 
O DINHEIRO
(Luiz Islo Nantes Teixeira/Carolina Teixeira)

O dinheiro compra todos os bens sobre a terra!
Um carro do ano, uma joia e uma casa bonita na praia!
Compra uma fazenda de engorda e um pedaco de serra!
Uma mulher interesseira, um falso amor e uma nova saia!

Mas o amor ao dinheiro e razao de todos os males.
Mas tu, meu pobre amigo juras que e razao de todos os bens!
Os mortos nao falam e nem podem caminhar pelos vales,
Mas os ricos de saude possuem maior tesouro do que tu tens

A riqueza nos traz uma grande responsabilidade, e atitude
Para sermos sabios sabendo que nada trouxemos para este mundo
E manifesto e que nada levaremos, quando um dia nos faltar a saude

O dinheiro nao pode comprar a saude e um ensinamento profundo
Para quem ouve para fazer o bem, e, lapidar esta divina virtude
Que o faz mais rico em do que o mais rico que habita este mundo!

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
http://www.yesportes.com/
 
O DINHEIRO

UMA MULHER

 
UMA MULHER
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Eu quero uma mulher
Que venha de qualquer lugar
Que seja verdadeira
Pode ser santa, pode ser barraqueira
Pode ser brava, pode ser calma
Mas que saiba alegrar minha alma
E queira amar

Eu quero uma mulher
Que mostre que saiba dancar
Que goste de gafieira, pagode e forrozao
Pode pisar nos meus pes ou abri o salao
Pode ser linda e so pode ser linda
E que sonhe ainda e que sonhe ainda
E queira amar

Eu quero uma mulher
Que saiba sempre se cuidar
E nao so na casa
Mas sempre mantenha a graca
Que toda mulher tem no olhar
Na hora de amar e se entregar
E na hora de beijar.

Eu quero uma mulher
Mas que nao seja uma que todo mundo sonha
A mulher linda e perfeita
Eu quero uma mulher
Com defeitos e qualidade que faz a exata soma
E que seja a mulher, mas a minha eleita

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
http://www.yesportes.com/
 
UMA MULHER

AQUELA VISAO

 
AQUELA VISAO
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Ao chegar a festa animada
Eu cumprimentei o anfitriao
Corri os olhos pela sala lotada
E la eu tive aquela visao

Sentada do outro lado da sala
Voce mais parecia uma atriz
Confesso que perdi a fala
Que olhos!,que boca!, que labios! ,que nariz!

Meus olhos entraram nos seus, brilhantes
E o tempo me saudou , pela primeira vez
Parando por uns breves instantes
Para eu sentir o bem que teu olhar me fez

Tao Linda
Que voce ofuscava as outras convidadas
Mas o que me interessava mais ainda
Era ser o alvo de suas atencoes e risadas

Que festa divina
Mas divina pelo sorriso que em voce encontrei
Ate o perfume que dominava a cena?
Era o perfume que em voce eu cheirei

Ao chegar a festa animada
Pensei em dancar, beber e sair
Mas encontrei em voce minha adorada
O motivo pro meu coracao ficar e sorrir

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/
 
AQUELA VISAO

RESPIRAR

 
RESPIRAR
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Tua presenca cora o meu rosto
E meus olhos nao ousam olhar os teus
Converso com os amigos
Olhos pro quadros antigos
E escondo os olhos meus

Procuro fugir de tua presenca
Buscando lugares onde eu desapareca
Bebo um copo de vinho
Fujo para a varanda sozinho
E comeco a contar as estrelas

Mas eis que de repente sinto um respirar
Bem perto de meu pescoco
E sinto o cheiro de teu perfume
Olho a Lua escondendo-se de ciume
E olho teu lindo rosto

Fico ali hipnotizado por uns segundos
Pisando,mas nao sentindo este mundo
Procurando as palavras mais corretas
Mas sem que eu perceba os meus atos
Me entrego aos teus beijos molhados
Sendo observado pelas pessoas indiscretas

Tua presenca incendeia meu coracao
E me vejo com desejo de beijar teus labios
Que alguns sabios juraram que nao eram para mim
E te seguro com as maos tremulas ainda
Te levando comigo para o meu abrigo, linda
Onde podemos ficar a sos, enfim!

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
http://www.yesportes.com/
http://www.islonantes.com/
Luiz Islo Nantes Teixeira
 
RESPIRAR

PRIMEIRO INSTANTE

 
PRIMEIRO INSTANTE
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Veio com grandes pernas torneadas
E os seios apontando para mim em Ipanema
Ela era uma das mais bronzeadas
Aquelas curvas realcando a pele morena

E o sorriso mais lindo e branco
Encontrou com o meu no meio do caminho
E os meus olhos pararam um pouquinho
Ao ve-la sentar junto a mim no banco

Saiu do mar com aquele corpao
E com aquele cheiro de pecado excitante
Despudorado, para sempre adorada paixao

Conduziu minha vida a um novo horizonte
Escancarando as portas de meu coracao
E o habitando desde o primeiro instante

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
 
PRIMEIRO INSTANTE

A GENERAL DE BIGODE

 
A GENERAL DE BIGODE
(Luiz Islo Nantes Teixeira)

Nada pode abalar um coracao feliz
Que nos diga o felizardo do Adao
Que nao teve sogra,aquela megera infeliz!
Que nao cansa de dar sua opiniao

Aquela mesmo que mege e se sacode
Para torturar os bombinhos do amor
Aquela mesma sogra, a general de bigode
Que estudou na universidade do terror

Aquela mesma sogra que nem vizinho atura
Que ate a evita e a dar total desprezo
Aquela mesmo a sogra que ate se cair dura
Voce, coitado, e o primeiro a ser preso.

Aquela mesma sogra que diz
“Minha filha tinha um corpo de boneca”
E que tambem faz aquele comentario infeliz:
“Filha, seu marido esta ficando careca”

Nada pode abalar uma uniao perfeita
Que nos diga o egoista do Adao
Que nunca nos deu a receita
Para que tenhamos paz no coracao

Sogra e aquela mal intencionada
E quando voce casa com a filha ou filho
Fica te vigiando como onca pintada
Para ver ser voce sai fora do trilho

E ate para enterrar a defunta
A familia tem que estar la junta
Honrando a memoria daquela assombracao
Mas eu honro e tambem oro sim
“Deus afaste este calice de mim,
Finja que sou o seu novo Adao!

© 2008 Islo Nantes Music/Globrazil(ASCAP)
Globrazil@verizon.net or Globrazil@hotmail.com
Brazil - (021) 2463-7999 - Claudio
USA (1) 914-699-0186 - Luiz
 
A GENERAL DE BIGODE