https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de verasalviano

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de verasalviano

Amo a vida!

MAIS UMA VEZ É DOMINGO

 
Acordar é bênção.
Bênção divina.
Dia de descanso.
Nos anima.

Há um silêncio.
Um desejo.
Uma saudade.
Uma vontade.

Há diversão.
Aglomeração.
Da família.
Reunião.

Vida florescendo.
Vivendo.
Música no ar.
Há mar.
Amar.

Crianças sorrindo.
Brincando.
Mãos em prece.
Orando.

Vida celebrando.
Agradecendo.
Ao Deus da vida
Bendizendo.

Domingo.
Pé de cachimbo...
Relembro infância.
Volto a ser criança.

Mais que um dia.
Uma alegria.
Mais que lazer.
Um prazer.
Uma presença.
Uma falta.
Você!
 
MAIS UMA VEZ É DOMINGO

VAMOS?

 
VAMOS?

Meus olhos fitam por um momento.
A minha mente quieta,
Se desperta.
Busco na alma tradução.
Sei lá...No coração. Sei lá onde...

Vamos?
Nesse seu jeito próprio de chegar e dizer...E logo,
Um até breve.
De leve, que respondo querendo ficar. Sonhar.

Breve eterno momento esse agora...
Tudo para. Só não para o tormento, de um breve pensamento.

Vamos?
Falar de nós, a sós...
Vamos fazer do agora a hora...
Do amanhã, nova lembrança.

Vamos?
Tentar esquecer ou relembrar,
o que ainda grita em nosso peito...

Vamos?
Fazer deste tormento,
Alimento do desejo do "Ser "...
A sucessão de vários...
Momentos...

Vamos?
Saciar o peito, que grita, tudo que é direito.
Na "arte de se dar"...

Vamos?
Redescobrir tudo que foi dito e perdido no caminho.
Num instante que se torne paraiso.

Vamos?
Silencio...
Na espera da resposta.
Foste...
Deixando no ar,
meu pensar.
E quanto mais espero,
De um momento.
Mais amor, do meu ser,
Você é alimento.

Vamos?
Talvez, seja eu, quem agora diga.
No impulso deste instante.
Breve instante de vida.

Vamos?

Fazer de nossas vidas,
Tudo que só a nós diz respeito.
O direito. De tudo que ficou contido nesse peito...
Amar...
Nesse momento, seja a resposta sagrada.
Esperada.
Imposta por todo um desejo.

Nós levamos tantos anos,
Para nos reencontrar...
Pra juntos fazer do caminho e da vida.
Horas de amar...De se dar...
Amor! Amor! Amor!

♡ Vera Salviano ♡
Agosto/2017
 
VAMOS?

E ACABOU O AMOR

 
Só agora eu entendi.
O que acaba com o Amor.
Quando lhe tiram a paixão.
Enfraquecem o coração.

Se lhe afastam da poesia.
Perde-se toda alegria.
Amor tem que ter euforia.
E muito de fantasia.

Pena que isso aconteça.
Maltratando o coração.
Coração sem Amor é frio.
Cede lugar à razão.

O Amor tem razões.
Que a própria razão desconhece.
Amor sem paixão e poesia.
Adoece. Nada lhe apetece.
Nem mesmo longa prece.
 
E ACABOU O AMOR

POR VOCÊ...

 
Por Você...

Passei noites em claro.
Despertei sonhos adormecidos.
Amei uma flor, um ceu,
um verso, o vento, uma canção.

Por você...
Deixei rolar uma lágrima.
De amor, de dor,
de emoção.
Por você...
Beijei uma foto,
Um sorriso,
Senti um desejo,
Esperei por seus beijos.

Por você...
Senti ciúme,
de um perfume
Que não sei o nome.

Por você...
Tornei-me refém dos meus íntimos desejos.

Por você...
Amei uma rua,
O sol e a lua.
Um sorriso que ainda insiste,
em me provocar...

Por você...
Voltei no tempo,
De uma casa de ensino,
Onde amei um menino.

Por você....
Com a lanterna do meu olhar,
Procurei sem cessar,
numa ânsia sem fim.

Por você...
Engoli choro.
Rasguei o peito,
Expus sentimentos.

Por você...
Amei um encontro,
que na distância,
Nos aproximou.

Por você...
Me ponho calada,
nessa dura estrada,
Entre o sonho e o real.

Por você...
Disfarço carinho e dor.
De um Amor.
Que esquenta no ninho,
Do meu coração.
Um amor mais sublime,
De toda forma de amar um amor, que me inquieta e desperta,
Que me arrasta e me mata.
No todo seu jeito de amar
E disfarçar...

Por você...
amei instantes,
O bastante,
Para nunca arrepender,
E esquecer de você.
Amar, Amar, como ama o Amor!

♡ Vera Salviano ♡
Agosto 2017.
 
POR VOCÊ...

DIGA PRA MIM

 
Letra

Diga pra mim coração
Por que tanta paixão?
Esse amor infinito...
Todo esse seu agito.

Diga pra mim coração
Esse pulsar hoje mais forte.
É seu dia de sorte?
Diga pra mim.
Por que pulsas assim?

Há festa em seu interior.
Isso cheira a muito amor.
A alma entoada de versos.
As rimas de amor com flor.
Diga pra mim coração...
O que te alvoraçou?

Coração caixa de segredos.
Ja não comporta mais medo.
Inundado de emoções mil.
O que mudou?
Quem de repente te abriu?
O que te fez feliz assim?
Diga pra mim!

Coração, caixinha de segredos.
Sentimentos. Desejos. Paixão.
Coração, carente. Sofrido.
Saudoso. Trincado.
Abriga o santo, o pecado...
Coisas de coração apaixonado.

Entre ilusões e paixões.
O coração vai mais além.
Dispara. Se agita. Grita.
Cheira amor pelo ar.
Sente que a hora é agora.
Para voltar a amar.
Amar como ama o amor.
Sem mágoa. Sem briga.
Sem qualquer tipo de dor.
Só amor. Muito amor.
 
DIGA PRA MIM

CARTA ENTRE AMIGOS

 
Não por acaso, acabei de ler um texto seu.
De a pouco.
Maravilhoso!
Leve, livre e solto. Ao contrario do anterior...
pesado viu?
Mas falando de agora,
sabe que nos instantes de meu desespero,
a pouco, me refugiei em seus versos?
Grande poeta você...
Conhece bem a alma humana
e estudou na escola da vida...Sim. Eu sei que da vida você foi aprendiz...
De novo, ela também me bateu.
Deixa ela me bater...
Preciso aprender.
Se eu cair, seguro em seus versos, e me levanto,
do meu pranto faço rimas e novos versos...Talvez um canto.
Só lhe peço amigo, se em alguma esquina eu me perder,
peça ao vento que me leve até você. Outra vez mais...
Bjo...

♡ Vera Salviano ♡
 
CARTA ENTRE AMIGOS

SERENATA

 
No silêncio desta madrugada fria, tudo que eu mais queria...
Uma serenata dos Anjos.
Abrir meu coração e mandar embora a solidão que insiste se instalar...
Eu ouço uma música onde se fala de um desejo, de um beijo...
Silencio.
Observo ao meu redor e não te vejo.
Talvez esteja agora, saciando em outros braços, seus desejos.
Tudo que eu preciso agora,
É de uma serenata de anjos...
Talvez eu volte a crer em outro mundo.
Onde eu possa dormir e sonhar.
E ouvindo uma serenata, de anjos...
Novamente amar e muito.amar.
Agora quero uma serenata de anjos.
E sonhar, tudo aquilo que esperei, por longas noites,
Você me dar...Me amar e me fazer viver!
 
SERENATA

Hoje

 
Hoje...

Hoje, custa caro ver o mar...
Hoje, custa caro amar...
Hoje, custa caro até pensar,
Em família reunir.
Hoje, mais do que nunca,
Precisamos descobrir...
Jeito, de por onde for,
Florir e sorrir.
Ser, sem ter...
E fazer acontecer!
♡ Vera Salviano ♡
Agosto/2017
 
Hoje

NEGUE

 
Negue-me a vida.
Amor e carinho.
Negue-me abraços.
Negue-me vinho.
Negue-me a palavra.
Negue-me atenção.
Nega-me tudo.
Negue que um dia
Me conheceu.
Mas não esqueça
Que já fui tua.
E que você, um dia,
Foi meu.

" Negar pode ser disfarce.
De quem tem medo de amar.
É faca de dois gumes.
Pode só cortar.
Ou um coração matar "
 
NEGUE

MOMENTOS, ETERNOS MOMENTOS

 
MOMENTOS, ETERNOS MOMENTOS

Talvez viver seja isso...
Essa mistura de passado com presente.
A louca espera de um " Talvez "
que se espera do amanhã.

A saudade desse instante,
que passa carregado de emoções, levando para o amanhã,
o que ontem se fez hoje...

A vida é bonita, é linda...
Quando transportamos na alma a doce lembrança,
que nos mantem de pé.
Nesse mágico tempo de dor.
Mas de muito mais amor.

Sim, a vida é Amor.
Esse amor que, às vezes,
nos aquece enlouquece.
Em outras, nos rejuvenesce.
E nos leva a sonhar...
Amar, como ama
o amor...

Para bem viver a vida,
É preciso superar.
O que foi e se perdeu,
no tempo, na eternidade,
nas esquinas da desilusões da vida.

Para bem viver, é preciso esquecer. O que foi céu e no inferno se transformou.
Quem partiu, levando seu coração
e não voltou.

Ah, viver é mais que tudo isso...
É ser bom no ofício,
e na arte de amar.
De fazer todo sonho acontecer...
É amar sem medida...
É um morrer, se preciso for,
por quem se ama.
Mesmo que morrer, ainda não seja o bastante,
para fazer de um instante,
grande prova de amor.

Viver é ouvir e amar estrelas.
É esperar pelo sol.
Mesmo que hoje ele não apareça
e nos aqueça...
É ver na lua, a mulher nua,
e por ela se apaixonar.
E de desejos morrer, de amor.

Viver... ah, viver!
É mais que existir.
É ser mais que poesia...
É ser poeta.
É fazer com a pena e o coração,
um jeito próprio de, a cada dia, redescobrir a vida,
da-lhe forma, num simples papel.
Fazendo de cada "criança"
retrato de todo nosso modo de "Ser" e criar...Na alma.

Viver é nascer, crescer, viver, amar,
morrer e renascer para uma "Nova Vida"...

É deixar a nossa "Marca",
num sorriso que se fez canção.
E num olhar todo cheio de paixão...

♡ Vera Salviano ♡
Agosto/ 2017
 
MOMENTOS, ETERNOS MOMENTOS

HORA DA SAUDADE

 
Hora da saudade!
De tudo que foi...
De tudo que é...
De tudo que quero...
E espero...
Hora da Saudade!
Do que ficou num instante.
E foi o bastante.
Para eternizar.
Hora da saudade!
De um nome.
De um cheiro.
De um jeito maneiro.
De um todo. Inteiro.
Hora da saudade!
De você que existe.
Em algum lugar.
Que me faz lembrar.
Pensar e desejar.
Que chege!
 
HORA DA SAUDADE

VIDAS DE MINHA VIDA

 
VIDAS DE MINHA VIDA
(ETERNIDADE)

Quando minhas filhas
Disserem aos meus netos
O quanto eu os amava.

E quando meus netos
Disserem a minha filhas
Que ainda lembram de mim.
E sentem saudades.


E quando minhas filhas
Disserem aos meus bisnetos
O quanto eu os amava
E me fizeram feliz.

E quando meus bisnetos
Disserem aos meus netos
E às suas avós
Que ainda lembram de mim




E da minha voz.
E o quanto eu os amava
E eles me alegravam.
E sentem saudades.

Eu não terei morrido.
Eu me eternizei.
Numa doce lembrança.
Numa chegada esperada.
Numa bala levada.
Nas moedinhas.
Na primeira bonequinha.
Nos bichinhos,
Nos carrinhos.
No dormir juntos.
No meu modo de falar.
No meu próprio jeito de chegar.

Numa estrela no céu.
Num raio de sol que eu amava.
Num pedaço de papel.
Nas canções que os embalava.
Num olhar.
Num sorriso.
Na vida que fui e tanto amei.
Nas canções que eu cantei.
No grande Amor que em versos
rabisquei...E me revelei.

Com certeza.
Eu não terei morrido.
Imortalizei.

Fui vida. Gerei vidas.
Muito amei.
Vida eterna me tornei.
Para todo o sempre...

☆ 15.09.2017( 1 aninho de Sofia)
♡ Vera Salviano ♡
 
VIDAS DE MINHA VIDA

MOMENTOS

 
A vida é linda...
Viver é arte...
Amar faz parte.

Há momentos
Na vida da gente
Que nenhuma palavra
Precisa ser dita.
Palavra nenhuma cabe
Naquele momento.

É questão de sentir.
Sentir e fluir.

Calma na alma
Saciando a sede.
Olhos nos olhos.
Riso gostoso.
Todo desejo
Num beijo.

A vida é linda...
Viver é arte...
Amar faz parte.

Somos instantes
Nunca bastantes.
Que marcam
Amor liberto.
Sede no deserto.
Tudo certo
Pra viver.
Ou de amor
Morrer!
 
MOMENTOS

NOVA MULHER

 
Solto os cabelos.
É assim que você gosta.
É assim que você quer.
Defronte da lua.
Danço aquela música.
Que você pediu.
Pés descalços.
Seguindo o ritmo
Do vento.
Nesta noite de verão.
Você me aplaude.
Joga-me uma flor.
Com um verso de amor.
Diante de seu corpo tenso.
Eu danço um fado.
E te afago.
É assim que você gosta.
É assim que você quer.
Meu perfume exalando.
Mesmo por dentro chorando.
Neste corpo de mulher.
Num rítmo suave,
Num lançar de vestes.
Você me pede.
Com os olhos me despe.
Um pouco mais.
Satisfaço seu prazer.
Rodopio no ar.
No olhar um lampejo.
Você morto de desejos.
Rendo-me a você.
Se é assim que você gosta.
Se é assim que me quer.
No além renovo forças.
E me torno mais mulher.
E ja no seu cansaço.
Das bebidas ingeridas.
Seus desejos satisfaço.
Desfaço-me num abraço.
E quando enfim sou liberta.
E com meu corpo renovado.
Prendo os cabelos.
Calço meus pés.
Refaço-me.
Numa verdadeira mulher.
Que ri, que o corpo balança.
Que dança.
Tem desejos.
Porque quer.
Mas, não mais aos seus pés.
Tornei-me uma nova mulher.

" Por amor de uma mulher.
Muda-se toda uma história de vida.
Pelo amor de uma grande mulher.
Perde-se a própria vida."

Vera Salviano
 
NOVA MULHER

QUANDO NOSSA ALMA CANTA

 
QUANDO A ALMA CANTA

Quando nossa alma canta,
o coração se abre e libera todo o Amor contido num momento.
Tudo o que a mente guardou daquele "Instante"...
Que foi o "Bastante" pra se eternizar no tempo.

De uma força que nos envolvia, naquela noite fria,
de um "São João."
Quando tudo prometia,
não ser mera ilusão.

O tempo passa...Um silêncio, às vezes se apodera...
E lá no fundo a alma geme:
Eu quisera...Eu quisera...
Ter parado o tempo. E feito daqueles momentos,
toda a razão de "Ser" e " Ter " você...

♡ Vera Salviano ♡
Agosto/2017
 
QUANDO NOSSA ALMA CANTA

DESTINO DA LUA

 
Às vezes, me sinto só.
Às vezes choro também.
Tenho fases como a lua.
E não me sinto tão bem.

Embora eu tenha luz própria.
Do sol dependo também.
No alto sozinha eu vivo,
Muito triste sem ninguém.

Às vezes me questiono.
Sobre questão de beleza.
Mas pelo que muito me falam.
Como a lua,
Sou com certeza.

A lua com seu encanto.
Inspiração dos poetas.
Noite sem lua é triste.
Como final de uma festa.

Certa vez,
perguntei a um vidente:
Por que razão sinto-me só,
Como se fosse do além.
E ele logo respondeu- me:
Você tem o destino da lua.
Com tantos encantos
E não é de ninguém.

" As vezes nos sentimos tão sozinhos,
Que um bocadinho de carinho,
Nos assusta e faz bem.
Ah, eu tenho o destino da lua.
Que a todos encanta.
E não é de ninguém..."
 
DESTINO DA LUA

INSTANTES ETERNOS

 
A ânsia do desejo.
O dia, a hora, o encontro.
O encanto.
Do olhar. Do sorriso.
Do toque.
O caminho.
A estrada e chegada.
A espera inesperada.
O afago. O abraço.
O beijo. Lampejos.
A percepção total.
O que não será esquecido.
Os gemidos.
A preocupação entre agradar ou causar insatisfação.
O olhar apertadinho.
Todo aquele carinho.
Um misto de felicidade já com saudade.
O desejo. O medo. O segredo.
Instantes de amor.
De calor e suor.
Um cheiro. Um gosto.
Afagos.
A saudade precoce do que se tornou o principio, meio e fim.
Por medo você quis assim.
A volta. A incerteza do que teríamos pela frente.
Corpos ardentes. Carentes.
A alegria seguida da tristeza da partida.
Triste vida.
Sofri. Chorei. Não queria acreditar.
Na proibição. No mel enganador de uma aventura.
Odeio o medo.
Ele é contrário ao encontro.
Ele castra. Ele afasta.
O que senti. O que sentimos. Sabemos nós...A sós.
O que eu sinto. O qude você sente.
Toda a força daqueles momentos.
Nada, nada será esquecido.
Será doído. Muito doído.
O que será de mim. De ti. Da nossa vida o que será?
Uma coisa te juro e sei...
Eu te amei. Te amo e te amarei.
E não importa o tempo que leve.
Te esperarei...
Se amanhã resolveres voltar.
Irás me encontrar.
Eu sei que vou te amar...
Por toda minha vida.
Eu sei que vou te amar...

01.02.2018
 
INSTANTES ETERNOS

FOLHAS MORTAS

 
FOLHAS MORTAS

O tempo vai.
As folhas mortas também.
Se espalham, feito lágrimas pelo chão.
Como um tapete, tecido do que foi e não volta mais.
Anos, meses, dias, minutos e segundos.
Do nosso viver.
Do nosso querer e ter...
Misturados às folhas mortas,
Vão sonhos vividos ou não.
Vão desejos. Vão beijos.
Dados, incontidos num momento de mais puro desejo.
Olhos nos olhos, um entrelaço de mãos inquietas,
de sentimentos presos nos galhos de nossos corpos. Alimentados pelo fogo abrasador de nossas mais íntimas emoçoes.
Arquitetados por nossa mente insana.
E todos esses momentos,
Também se vão com o tempo,
como folhas mortas levadas pelo vento. Espalhadas pelo chão.
O que hoje foi lampejo,
Foi desejo...
Talvez amanhã cedo,
Eu sei que você não lembra mais.
E ao anoitecer, sou eu quem não esqueço.
Como folhas mortas tudo se esvai.
Rolam pelo chão afora...
Passam como as horas.
Tudo vai e só você não vem...
E eu te espero. E eu te espero.
Você não vem. Você não vem.
Pode até ser,
Que ao amanhecer de um certo "talvez." Você retorne, como a Primavera.
E aí seremos juntos,
Doce quimera.
De da mais feliz Primavera.
De um eterno recomeço...
 
FOLHAS MORTAS

DEIXA

 
Deixa eu esconder
Dentro do seu coração
Seja a minha guarda
Dá-me essa emoção.

Sou dependente de você.
Do seu amor e carinho.
Sem você junto comigo
Eu não vivo. Só definho.

Deixa qu'eu te mate de amor.
Deixa-me tonta e louca.
Deixa qu'eu mate minha sede
Na sua boca.

Deixa qu'eu diga tudo
Que atormenta meu viver.
Deixa eu matar essa fome
Que eu sinto de você.

Deixa? Por que não?
Eu prometo-lhe muito amor.
E também meu coração.
E então?
 
DEIXA

MEU GRITO

 
MEU GRITO

Não sei se é de dor,
De amor pela falta de alguém que não vem.

Não consigo pensar em mais nada.
Só na saudade, essa danada,
Que me faz doer o peito, noite a dentro, no meu leito.

Se grito, só sai seu nome.
Se me calo, sinto fome,
Rolo na cama, não tenho sono.

Meu grito não é de guerra.
Não é um grito qualquer,
Como possa parecer.

Meu grito é da falta de você.
De sede e desejo.
Meu grito é de vontade de ver você
De ter você, mais uma vez, de muitas que espero ter.

É medo de morrer,
Sem ter você, mais uma vez...Nem que seja só mais uma vez.

Talvez seja melhor que eu me cale...
Sufocando meu grito.
Pois se grito, todo mundo vai saber.
Que eu morro de saudades e de amor por você...Por você!

♡ Vera Salviano ♡
Agosto/2017
 
MEU GRITO

Vera Salviano