https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Mônickachristi

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Mônickachristi

*Gosto de flores,bombons,bichinhos de pelúcia e bonecas de pano e porcelana, blues, jazz, clássicos, flashback dos anos 60 e 70, e noites de lua.
*"Todos os textos protegidos pela Lei N°9.610/98"
Mônicka Christi
TWITER:@monickachristi
Facebook.com/mo

OLHOS TRISTES

 
OLHOS TRISTES
 
Meus olhos estão tristes de saudade,
Não encontro mais verdade em existir...
São rios s'esvaindo por minha face,
Estou perdida sem rumo pra seguir...
Quem verá o fundo de minh'alma?
Somente teus braços me acalmam,
Somente teu toque pra eu reviver!...
Sinto tua falta todos os segundos, minutos, horas...
Nada me importa se não está aqui...
Qualquer um pode perceber
A sede que sinto,
A fome que me toma
De desejo e paixão!...
O mundo estagnado s'encontra
Não há luz nem astros
Apenas tu'ausência em meu coração.
 
OLHOS TRISTES

PRELIMINARES

 
PRELIMINARES
 
Certas coisas não devem ser reveladas...
Mas descobertas e sentidas, saboreadas,
Pelo olhar, paladar, no toque atrevido
No do aroma do corpo
Que se abre no cio...
Perturbador encantamento de minha vida
Alucinação apaixonante dos meus dias,
Presente exato da criação que se cria...
Quando submersa puramente
Em meus sonhos e devaneios
Realizo em teus braços
Minha poesia inteira
Para sempre em ti ser,
Molhando os sussurros e gemidos
De inebriante prazer.
 
PRELIMINARES

AMOR EMERGENTE

 
Sentidas palavras que ardem meus lábios
Florescente amor ardente que me invade
Como flor sendo fertilizado
No ardor duma paixão que ascende
Suavemente s'entranhando na gente
Num'alegria envolvente
Qu'elev'alma e quase transcende
Os sonhos que iluminam a mente
E todo o corpo latejante
Auscultando o céu reluzente
Numa surpresa persuasiva,
Preciosidade poética que fascina
E efetivamente conclui completando a vida
Em pura beleza que é o amor.
 
 AMOR EMERGENTE

BELEZA INTERIOR

 
BELEZA INTERIOR
 
A beleza interior se traduz extrapolando as fronteiras d'alma como luz singular, refletindo a superioridade moral e intelectual do ser humano que vive alicerçado pelo repeito mútuo e amor.
 
BELEZA INTERIOR

COMO DIZER NÃO...

 
COMO DIZER NÃO...
 
Como dizer não
Se tudo que eu faço tem seu brilho a me guiar,
Nos meus momentos de aflição,
nas horas em que preciso do carinho,
Do abraço pelo pranto
Que trago em vida,
E carrego na alma,
Nos meus escombros alagados
De lagrimas que tenho sufocado
Sem ter a quem dizer ou para onde ir...
Como dizer não
Pra você que é meu estrado,
Meu socorro imediato
Minha porção mais feliz.
 
COMO DIZER NÃO...

AMOR DEMAIS

 
AMOR DEMAIS
 
O intenso brilho nos olhos,
A pele eriçada ao toque feito gata molhada...
No corpo apertada paixão
Trêmulando todas as fibras
E quase dsfalecida
Me derramo em sorrisos...
E o coração acelerado,
Entre suspiros e espasmos,
Êxtase nos meus laços,
Pernas, beijos, coração!...
Quando o desejo se abre
E abraça teu mundo repleto de cores
Encantando minha emoção
Com este amor demais e único,
Sentimento irreversível e seguro
De viver cada segundo como último
Porque igual, jamais se repetirão.
 
AMOR DEMAIS

SILENCIOSAMENTE

 
SILENCIOSAMENTE
 
Silenciosamente brota dentro de mim
A essência da esperança,
O perfume do amor que não se acaba
A alegria de reviver e recriar
Dos pedaços no caminho,
Novo sonho, novo ninho,
Um motivo pra tentar
Ser feliz mais do que ontem,
Ouvir a melodia que me compoem os dias,
Abrir novos horizontes,
Ser melhor do que já fui,
Ser o que me for possível,
Crescendo eternamente com a luz.
 
SILENCIOSAMENTE

VERDADEIRO CONHECIMENTO

 
VERDADEIRO CONHECIMENTO
 
Quem tem conhecimento e evolução espiritual não alimenta animosidades e busca viver com justiça, sensatez, moral e ética, pois sabe da obrigatória futura colheita.
 
VERDADEIRO CONHECIMENTO

FRAÇÃO DE INFINITO

 
FRAÇÃO DE INFINITO
 
FRAÇÃO DE INFINITO

Nesta fração de infinito em que sou tua
Gosto quando passeias por minhas avenidas e ruas
Com tua língua molhada e louca
A colher meu mel em minha colméia
Me levando ao céu
Quando entre as hastes da minha espera
Enquanto sorvo tua essência
Em êxtase, eufórica e alerta
Te sentindo se derramar
Preparando a futura colheita
Sentindo tuas mãos grandes e quentes
Passeando inquietas se cautela
Acendendo o fogo que se nivela
Tomando meu corpo inteiro
Neste frenesi que me rende
E me prostra aos teus pés indefesa
A mercê dos teus desejos
Sem reservas ou pudores!...
E neste misto de sentimentos,
De desejo e pertencimento,
M’entrego numa cavalgada intensa
De todos os modos e movimentos
A invadir meus territórios
Numa paixão avassaladora
Onde o recomeço
É sempre a próxima hora.

(Mônicka Christi)
 
FRAÇÃO DE INFINITO

PARA SEMPRE

 
PARA SEMPRE
 
Quero que com todo fogo e desejo
Invadas meu corpo sem receio
E a paixão avassaladora
Que ultrapassa os tempos
Te possua por inteiro!...
Dominando tuas vontades
Com este amor que s’eterniza
Completando nossos sonhos
Na loucura tão doce e selvagem
Tão profunda e extensa
Como os astros celestes incontáveis,
Com as gotas de oceano
Que não se findam jamais
Pra qu’eu viva em ti pra sempre
E vivas em mim eternamente
Como nos contos de fadas
E nas lendas que jamais s’esquecem.
 
PARA SEMPRE

EM BUSCA DE SENTIDO

 
EM BUSCA DE SENTIDO
 
Minha solidão s'estende
Ao largo infinito de minh'alma
Que oprimida cala a ausência
No silêncio devorador do abismo
Que meus olhos escalam
No interior subetrrâneo dos meus sentidos
Alastrando a dor como castigo
A existência em busca de sentido
Entre tantas encruzilhadas e rumos invertidos,
Vago em estradas em busca do destino
Que me transborde os olhos
Com a essência do divino.
 
EM BUSCA DE SENTIDO

ÀS VEZES

 
ÀS VEZES
 
AS VEZES

As vezes a saudade é tanta
Que desejo apenas te ver
Mesmo que não me vejas
Pra saber que existes e não és sonho...
As vezes, dói tanto, tanto,
Saber o quanto estas perto
E ao mesmo tempo distante,
Que a tristeza me invade
Levando consigo da vida,
Por momentos, todo o encanto...
As vezes procuro mais que tudo
Poder tocar tuas mãos por segundos,
Sentir apenas o teu perfume,
Vislumbrar o teu semblante...
É sempre de todas as vezes
Que me consomem diuturnamente
O pensamento constante
A tua imagem persistente
Sem pacificar minh’alma aflita e suplicante
No abandono dos sonhos irrealizáveis
Que sufoco resiliente nesta longa existência
Que há de se findar um dia
Ou quem sabe agora,para sempre.
(Mônicka Chrisiti)
 
ÀS VEZES

DESVAIRADA

 
DESVAIRADA
 
Deslumbro-me com teu olhar,
Teu toque macio,
E teu jeito de me desejar...
Com o verbo da tua boca
Que viciada me anseia a beijar,
E eu louca,
Entre afagos e carícias
Das quais impossível se desvenciliar,
Em devaneios fascinada te procuro
Em busca de novos sonhos
Para pairar em teus braços
Em conjunção com teu corpo
Saciando e unificando nossas almas
No delírio das lendas que se perpetuam
Transladando nossos corpos a nova lua,
Numa viagem única
De encontro apaixonado e ternura
Tornando-nos um só.
 
DESVAIRADA

QUERO-TE

 
QUERO-TE
 
Quero-te percorrendo meus caminhos
Sentindo cada passo profundo
Em meu corpo macio de seda e veludo...
Navegando meus agitados mares
Naufragando em meus braços
Molhado de desejos ,
Que se consuma em meu fogo
Com a ardência deste amor poderoso
Forte, másculo, selvagem!...
Quero-te por todas os dias e noites
Invadindo meus infinitos segredos
Em febre constante me fazendo flutuar,
Perder os sentidos de tempo e espaço
Até os fins dos tempos jamais se acabar
Pra que eu seja tua, crua, nua,
Fruta certa, doce, picante, madura.
 
QUERO-TE

OPORTUNIZAR-SE

 
OPORTUNIZAR-SE
 
Se os caminhos brotam das dores,
Flores podem perfumá-los
Apesar dos horrores,
Das feridas abertas
Que teimam em sangrar,
Seja por um momento, ou um segundo
do qual não se dá pra escapar
Apenas que abramos as portas
Para viver novamente e sonhar!...
Reiniciar se peroando ao que nos fizeram,
Ao que deu errado pelo certo,
Sermos chance a reflorir na escuridão da alma
Que vive em agonia pelo orgulho
De toda tristeza passada
servindo apenas como advertência
No código de sobrevivência
A não se repetir mais.
 
OPORTUNIZAR-SE

CEGUEIRA TOTAL

 
CEGUEIRA TOTAL
 
Aquele de alma suja e ressecada critica na sua ignorância o que sua sensibilidade não alcança se perdendo em nada, não enxerga além da matéria sequer sua própria alma.
 
CEGUEIRA TOTAL

ANJO

 
ANJO
 
Meu anjo safado
De mãos de veludo,
Lábios macios e beijo molhado...
De corpo caliente,
E olhar de universo encantado...
Possui o que te pertence!
Vem tomar-me por inteira!
Ser a emoção que m'eleva
Ao paraíso na Terra...
Deixa eu mostrar minh'alma,
O meu lado de fera
E minha paixão febril!...
Vem Não demora, meu anjo!
Sou teu porto e descando,
E tua noite sem fim!...
 
ANJO

DISTÚRBIOS

 
DISTÚRBIOS
 
Meus olhos escorrem torrencialmente
No mar de dores e tormentos
Que não se dissipam,
Mas s'enfiltram cada vez mais
Tão profundamente de forma aguda e audaz
Que a alma sangra feróz
Numa dor densa e veloz,
Amarrando em sufocante nó
Todas as esperanças,
Amargurando todas as lembranças,
Derixando cicatrizes extensas
Que infelizmente o tempo
Não sabe apagar.
 
DISTÚRBIOS

APORTA EM MIM

 
Vem aportar no meu corpo
Forte com teu encanto
Derramar teu oceano
Preenchendo m eu deserto que só quer a ti...
E sob os açoites dos meus beijos,
Desvendando meus desejos
Enlouqueço todo teu ser!...
Minha flor é toda tua,
Beija-flor da minha vida
Vem então, planar em meu jardim,
Fecundar meus sonhos sem fim
Fertilizando as sementes
Guardadas apenas para ti.
 
APORTA EM MIM

AMBIÇÃO ECONÔMICA

 
AMBIÇÃO ECONÔMICA
 
Ambição desmedida
Em que a humanidade regride
Enfraquecida pela indignidade repetida
Que governa as nações
Repleta de vícios e vaidades!
Onde não se avista o futuro,
Apenas um abismo escuro
Desregrado e ameaçador
Travestido pela manipulação cultural
Semeando a esclerose mundial
Onde filhos e netos e netos
Serão apenas um gênero animal.
 
AMBIÇÃO ECONÔMICA

O homem justo cresce e se desenvolve ético por opção, não por coersão.


Mônicka Christi