https://www.poetris.com/
Vinícius de Moraes : Rosa de Hiroshima
em 06/08/2012 13:42:06 (2686 leituras)
Vinícius de Moraes

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas, oh, não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa, sem nada


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 06/08/2012 13:55  Atualizado: 06/08/2012 13:55
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Rosa de Hiroshima
Hoje faz 67 anos que a frieza humana se manifestou radioativamente.

Este poema de Vinícius ganhou voz, canção e melodia...


Links patrocinados

Visite também...