Dia internacional da paz

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares da categoria dia internacional da paz

FELIZ 2012

 
Fiz tantos planos para este ano que passou.
Algum deles confesso que vingou.
Já outros... Furou!
Não chegando a acontecer.
Mas o que importa é que estou viva, com saúde.
E tenho mais que agradecer.
O que não deu certo é porque não tinha de ser.
Ou não era o momento de deslanchar.
Portanto não vou ficar a lamentar.
Preciso outra vez idealizar.
Com fé perseverar.
Quem sabe este ano dá?
Ah! Mas agora não e hora de chorar.
Fazer lamentações.
É hora de comemorar...
Celebrar, glorificar!
Vamos brindar.
Feliz 2012!
Luz, saúde, amor & paz.
Com tudo isso...
Nada nos falta mais.
 
FELIZ 2012

APENAS MULHER – HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER –

 
Nada é mais justo do que
Ser realmente mulher,
Mulher que pensa realmente
Com o coração e age somente
Pela emoção e consegue
Pelo amor que tem dentro de si
Vencer na vida os problemas
Do dia a dia que enfrenta.

Mulher que vive milhares
De emoções e somente num
Único dia consegue através de
Um simples olhar transmitir
Confiança e emoção.

Mulher que apenas se cobra
Az perfeição e vive somente
Tentando se desculpar pelos
Teus erros do dia a dia.

Mulher que hospeda sem
Cobrar nenhuma taxa no
Teu ventre outra alma,
E depois de nove meses apenas
Da á luz a uma linda criança
Para em seguida ficar cega,
Diante da beleza de cada filho
Que o teu ventre gera.

Mulher que apenas
Das asas, cuida com carinho,
Ensina o filho a comer,
A voar e a sentir que a vida
É feita somente para ser vivida
Com muito amor e carinho e ao
Mesmo tempo fica triste e
Nunca quer ver os teus passarinhos
Partirem em busca de novas aventuras.

Mulher que se enfeita e perfuma
Para o seu amor que fica ali
Agora somente pensando no filho
E esquece que tem ao seu lado
Uma mulher que gerou esta criança
Linda que hoje esta nos seus braços.

Mulher que se faz de mágica
E transforma a luz em lindos sorrisos,
Junto às dores que sente na alma,
Somente para ninguém notar.

Mulher que tem que ser mais
Forte ainda para poder dar o ombro
Para que nele quem quiser chorar,
Pois feliz mesmo é o homem
Que um dia amou e encontrou
Na mulher mais que um ombro,
Mas uma mulher de verdade.

Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)
Membro Efetivo da Academia Marataizenses de Letras
 
APENAS MULHER – HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER –

ASSIM SOMOS NÓS...

 
Assim somos nós.
Como uma garça ferida diante dos olhos dos espectadores.
Apenas olham incessível a sua dor.
Assim somos nós...
Abrimos nossa boca e declaramos amor:
Mas somos incapazes de estendermos as mãos aos pobres coitados.
Que sem destino se arrasta diante nossos olhos, em meio à sujeira.
Solitários se tornam como vegetais.
Como zumbis rondam as cidades em busca de uma lata de lixo para matar sua fome.
São esses os filhos da miséria:
Hoje muito se misturam aos adultos, crianças inocentes que já nascem em meio à miséria.
Não sabe o que é um lar, um teto para se abrigar.
Ironicamente brincam em meio ao lixo, dos ricos, correm felizes quando encontram um brinquedo quebrado:
Ou um pão mofado.
São esses os anjos de rua que perambulam por nós.
Quem de nós nunca cruzou com esses anjos?
Fala-se em muitos projetos, abrigos, amor, onde esta esse amor?
Entre os destorço de sua mente perturbada, se formam na oficina do diabo.
São os pássaros sem asas atingidos por vil caçado.
Neste emaranhado de horror.
Perdem por total sua identidade...
Mãe! “Pergunta a crianças, esquelética franzina” quem eu sou?
A mãe sem reposta olha para o filho em seus braços, e silencia-se...
E no silencio surge um grito em sua alma Deus quem eu sou?
O dia findado e a noite chega Deus para onde iremos...?
Assim se formam os anjos de rua, na miséria e desamor.
Sua única certeza é um caixão de madeira doado pela prefeitura.
Neste mar de amargura, não se dão nem ao direito de sonhar.
Depois de uma noite ao relento ainda molhados pelo orvalho da noite.
São acordados com tapa na cara levanta ladrão!
São os homens de farda dando ordem de prisão:
Como pode ser preso aquele que jamais esteve livre?
Anjos da rua entre a miséria, fome e podridão, drogas, violência, abandono!
Futuros clientes das penitenciárias, grades do inferno.
Será este o passeio turismo no futuro?
O que nossos filhos terão como diversão neste mundo que destruímos a cada
Passo sem compaixão...
Esses pássaros feridos aprisionados em seu interior sua mente cauterizada pela fome e dor.
Não sabem sonhar nem tem forças pra lutar, mas são humanos e necessitam reaprender amar.
Quem se habilita estes anjos adotar?
Onde poderão encontrar alem das promessas dos gigantes da terra, políticos engravatados na época de eleição,
Um abraço sincero, e um aperto de mão...
Esse ato simples poderia aquecer esses corações que se perdem a cada amanhecer em suas desilusões.
 
ASSIM SOMOS NÓS...