Poemas, frases e mensagens de bocaj

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de bocaj

Mulher

 
Dsignadamente és Mulher bonita.
Mulher sem qualquer dúvida!
Menina do meu coração.
Olhos penetrantes...
Olhos nos olhos somos amantes...
Menina de pele celestial
Com um toque devínal!...
Preenches algo...
Algo que não me lembro
De existir dentro de mim!
A tua voz!...
Poucos a conseguem ouvir, sentir
Em seu espirito...
E digo-te menina linda,
Esse dom que Deus te deu
É algo de...
Tocas-te minha alma,
No meu eu.
 
Mulher

...

 
Aquele monte, lá, longe...
O que vêjo?
O Sol, outro dia nascer!...
Amor.
Palavra pensada.
Feita pelo próprio amor
Aceite pela loucura e prazer!...
Quero viver!...
Quero odiar!?
Sentir a loucura
Que no fundo não é loucura,
É desejo, é querer!
Eu quero é viver...
 
...

Tudo na mesma, só mais camuflado...

 
Existem novos soldados...
A nossa sociedade é cada vez mais preta do que branca...
A politica social continua a ser
Como antes do dia em que se festejou...
Pensando que a estúpida politica acabou.
Tudo na mesma, só mais camuflado...

Jacob Correia
 
Tudo na mesma, só mais camuflado...

... abraça-me, anda dançar...

 
Abracei-a delicadamente
Com a força suáve de alguem
Que não tem Amor há muito tempo...
E sem perder algum momento
Deslizamos os nossos corpos...
Trocamos olhares, sorrimos,
E cantamos baixinho a nossa canção...
Momentos depois fomos passear.
De mãos dadas continuamos a cantar
Na direcção do mar;
Para sentirmos a sua imensidão...
Vêr a noite deitar-se, o dia acordar,
Que delicadamente se saudaram
Na sua linda despedida,
Dando a entender que nunca
Um do outro se iriam perder.
No meio desta observação bela
Que silênciosamente fizemos,
Olhamos um para o outro
Com lágrimas nos olhares
Sem qualquer vergonha
E em simultânio pedimos:
... abraça-me, anda dançar...
 
... abraça-me, anda dançar...

...

 
Já chegou à algum tempo,
Mas só agora me apercebi...
Abraçou-me.
Aquela que será sempre minha...
Que me acompanhará até ao meu fim...
É calma, silênciosa,
Trás por vezes alguns perfumes até mim.
É quente, outras vezes fria.
É bela, misteriosa...
Sonha comigo, eleva-me,
Até aquelas montanhas...
Até aqueles montes e planicies!...
Aonde o vento é livre...
...............................

A tua veste de cetim, transparente
Dança ao vento...
Os teus cabelos soltos
Lançam o teu perfume,
Que ainda não conheci...
Virá, talvez, talvez amanhã
No cume da nossa montanha,
Os dois de mãos dadas
Possamos cantar,
Com a maior das sonoridades
Que encontramos alguem
Para o nosso amor entregar!...
E os dois estamos bem...
No cume da nossa montanha
Vamos os dois para sempre dançar!...
Menina.
 
...

...

 
Ah vida maldita!
Que desassossego...
O coração sangra-me
E a dor é tanta, tanta meu Deus!...
Ah vida maldita!
Que tristeza medonha envolve meu ser...
E tu teimas em não aparecer...
Anda, abraça-me, dá-me o teu carinho,
Deixa-me descançar nos teus braços;
Deitar, um pouquinho, a cabeça no teu colo...
Dá-me a mão,
Não me deixes perder...
Ah vida maldita!
Que solidão...
Cada vez mais desfaleço,
E a vontade de continuar, é nada.
Aonde estás meu Amor?
Porque me fazes sofrer
Com tamanha dor
Que só me apetece morrer?
Ah Vida!
Ah Amor!
Porque fazeis de mim sofredor?
Tu meu amor, se não fosses teimosa,
Esta Vida seria mesnos dolorosa...
Meu Amor,
Vem dar-me o teu calor...
Estou com frio.
Vem dar a este ser o seu brilho...
Porque tardas minha eutimia?
Porque tardas?
 
...

Lobo solitário...

 
Cada dia que por mim passa
Minha visão chama:
Meus sentidos, sentimentos...
Dou em doido!
Não quero, não quero responder!
Estes chamamentos, meu Deus,
Na maioria desalentos!...
Tristeza, confusão, incompreenção!...

E mais ainda, sentir,
Seres indeferentes a enormes observações, obrigatórias,
Que se deparam diáriamente na sua visão.
E este conjunto de análises,
No meu trajecto muda o meu aspecto...
Dando comigo a chorar ou gargalhar.

Mas a alma dói tanto, dói tanto!...
E o silêncio instala-se desnorteadamente
Que não tem sentido...
Esta istúrdia caminhada
Que insondável faz meu ser;
Seus sentimentos... meus
Por momentos são deveras perdidos...
 
Lobo solitário...

...

 
É por tanto te amar, tanto te amar,
Que todos os dias, em qualquer dia
O sol entra pela janela do meu quarto
Como se fossem os teus braços!

É por tanto te amar, tanto te amar,
Que por ti continuo à espera
Nesta ansia que me faz desesperar!

É por tanto te amar, tanto te amar,
Que sonho com o teu ser,
Tão alegre, cheio de cor!

É por tanto te amar, tanto te amar
Que tu és o meu lindo amor!...
 
...

As palavras que sempre te direi...

 
Não és minha.
És no meu sentimento
A Mulher desse firmamento!
És no meu silêncio, na minha solidão
O seu preenchimento!
 
As palavras que sempre te direi...

Para ti "Menina"

 
Sinto o teu cheiro, ouço o teu caminhar
E vêjo sem estar presente o teu olhar.
Querida, vem comigo voar...
Por cima de um mar imenso, intenso,
De intensos sentimentos!
Deixemo-nos amar!...
Não gostaria de viver o resto da minha existência
Estando tu só presente
Todos os momentos em meu pensamento.
Sentir teu coração chorar
E não estar presente
Para o poder acarinhar.
Vem...
Vamos vvêr o nosso mar,
Senti-lo, criá-lo, construi-lo...
Vem comigo voar, querida...
 
Para ti "Menina"

...!?

 
Olha! Ouve! Os passarinhos cantar...
O céu! As estrelas, que lindo luar!...
É linda a natureza, pois é meu par?
Mas aonde estás,
Para este meu amor te dar?
Sempre em mim
Este silêncio devastador,
Que não tem fim...
Aonde moras meu Amor?
Preciso de ti.
Preciso que preenchas esta solidão...
Amor, estou aqui.
Anda a quecer este coração.
Sentir-te e não conseguir ver-te...
Saber que existes e não te ter...
Que agonia meu Amor!
É difícil suportar esta dor...
Aonde estás calor de qualquer ser?
Aonde estás meu Amor?
Aonde estás?
 
...!?

...!?

 
A solidão é um jardim belo e constante...
Onde o sofrimento se apodera de nós, pelos sentimentos mais intensos e sinceros...
 
...!?

Olhos lindos

 
Se me conseguires ouvir...
Não lêr-me.
Ouvir, sentir!...
Ouve o que te vou dizer baixinho,
Com aquela sonoridade tenra
Que só nós conhecemos...

............................

Com um olhar afável,
Como sempre é o meu.
Transmito-te sem qualquer palavra,
Que dirijas as tuas mãos
Em direcção ao meu peito,...
Para que sintas por ti mesma,
Que este conjunto de frases,
São transcritas com sentimento e respeito.
Olhos lindos.
 
Olhos lindos

...!?

 
A noite vem calma...
Porque és assim, em mim,
Tão bela, triste, de marfim?!
Eu sou, talvez, um sonho que morreu
Por tantos sonhos que em mim se amontuaram
E nenhum se realizou.
O destino vem cantando
De passo lento transmitindo:
..........................
Ponham as mãos nos meus olhos...
Querem enchuga-las?
Deixem lá...
Irei por um atalho qualquer.
As sombras deste trilho
De dissabores e desilusão
São noites que já não durmo.
É com a sua delicadeza
Turbulenta e estagnada
Diz que já não sou nada.
Incomoda-me a mágoa de ter consciência
De tudo o que me rodeia...
Meu companheiro diz-me que não é nada
Tudo passa de um sonho...
Sua amante louca
Diz que sua mente é pouca.
Inutilmente vivida esta existência
Que toda a gente me contraria
Dizendo que ela é vida...
Que faço?
Estou farto, mesmo farto!
Tudo em meu redor desaba...
Sinto tudo, todos em mim
E todos não veem a chegar o meu fim.
Será melhor assim, será melhor...
Mesmo os Deuses que tanto venero
Um mundo não me deram
Para meu mundo se unir...
Que dessa fusão
Seria um mundo de amor.
Que faço aqui?
 
...!?

Puro...

 
Quero-te sentir agora!...
deitei-me no soalho como um louco...
fechei os olhos e ...
eras tu meu amor!
tocas-te lindo no meu peito!...
eu só, como sempre
e tu tocas-te em mim!...
a vontade é tanta!...
que trepo as paredes deste quarto
que conhece os meus segredos
e que ânsei por os contar...
a vontade é tanta!...
"menina"
 
Puro...

Aquela Mulher...

 
O que é mais importante?
O que é realmente mais importante?
O teu dócil e corajoso ser!
Encontrar-te "menina" Mulher...
Comigo faz o que te apetecer;
Brinca, troça, ri, sei lá!
Mas não mates o meu ser:
Quero viver para te vêr vencer!...
Sempre "menina", sempre Mulher...
Assim és minha querida,
Razão do meu viver...
Sem ti, minha amante é perdida...
Seu companheiro sofredor...
Minha vida é de dor...
 
Aquela Mulher...

...

 
Naquele dia, domingo,
O sol continuava escondido...
Mas no meu coração brilhava
Pele que por ti éra sentido!...
Tu fazes sentir-me bem!
Pega na minha mão
E sente, sente,
A vida que existe em meu coração!...
Só tu, flor de jasmim,
Podes fazer algi, concertar,
Fazer com que eu volte a ser...
Me possa encontrar.
A vida nem sempre faz sentido.
Neste momento és o único sentido.
Que me faz caminhar, matém vivo...
Que não me deixa ser perdido.
Lindo!
Um beijo teu ao amanhecer
Seria o beijo do meu Amor.
E eu já poderia morrer.
Morreria cheio de cor!
Detesto pensar que vou terminar
Com esta horrivel dor...
É verdade meu Amor;
És tu que ainda consegues...
Dás calor ao meu companheiro
E sua amante!...
Percebes?
Que Deus te abençoe meu Amor!
Pelo que me dás;
Em sonhos e pensamentos
Por estes belos sentimentos!...
Altivos sentimentos!
Que todos os momentos dos meus dias
São belos e sofrimento,
São meu Amor, na minha vida...
Exactamente.
Vida!
 
...

"Menina" .... ;-) .....

 
Meu Amor que tanto te procuro,
Porque teimas em não aparecer
E me deixas sósinho, no escuro?
Amor vem conhecer este ser...

Quem me dera saudar-te ao amanhecer
Todos os dias do resto da minha vida...
E cada dia das nossas vidas
Descobrir um pouco um do outro...

Tenho mêdo de me afogar neste rio
Que as minhas lágrimas formou...
Estou farto de ter frio... Amor

No meu peito navegas suavemente naquele bote
Que em qualquer dia há-des vir salvar
Esta alma só e desconcertante...
 
"Menina"     ....  ;-) .....

...!?

 
Aonde estás abraço?
Aonde estás mãos delicadas?
Aonde estás corpo,
Que só de o sonhar perco os sentidos
Quando me tocas no rosto
Seja com que parte for do teu corpo?
Todos os meus sonhos são definitivamente altivos!
Gosto tanto de ti menina!...
Que se me rasga o peito
Sonhando acordado com extraordinário
Jardim que é o teu ser.
E deixo-me levar no momento...
Suas cores várias entram dentro de nós,
Com a intencidade simples
Da intimidade doce e maravilhosa
Que numa noite qualquer desfrutamos...
Sonho.
E todos os dias sinto o teu cheiro...
Sinto o teu toque...
Sinto a tua magia...
Aonde estás "menina"?
 
...!?

Minha querida flor

 
És uma flor cheia de orvalho.
Quando o sol de observa
E te abraça com seus longos braços,
Tu simplesmente sorris...

Com simplicidade observo
Tamanho fenómeno da natureza!...
Meu companheiro sente pureza,
Eu agradeço, sua amante canta...

Obsevo o sol
Com seus braços longos
Tornearem as altas árvores por onde passo...

Se eu fosse o sol com seus longos braços,
Tornearia o teu ser
Por onde quer que passasses.
 
Minha querida flor