https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Catarse Poética

 
 
Catarse Poética
 

A alma do poeta expressa

uma forma diferente de sentir

Longe do mundo e da pressa

Revelando algo que está por vir


Enternece tão somente

àqueles que por ela são tocados

Uma alegria para quem sente

os seus sentimentos revelados


Pois com sua palavra e voz

ele pode transpor muros

e ajuda a desatar os nós

aliviando os corações mais puros


Com sua alma exposta

e seu coração na mão

se entrega com paixão ao que gosta

e compõe notas da mais pura emoção


Com palavras ele desenha

como o pintor com seu pincel

Pois do cofre ele tem a senha

Colorindo o branco do papel


Revela sem medo suas dores

e expõe desejos contidos

Fala até mesmo de seus amores

e pensamentos proibidos


Numa catarse de emoções

sua alma aflora e se liberta

Florindo nas mais belas estações

lapidando sua dor mais secreta


Com a alma purificada

e o coração atento

Não busca da vida mais nada

do que a leveza do momento


Ianê Mello




<object width="425" height="344"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/0K2N2LQVIjg& ... t;</param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/0K2N2LQVIjg&hl=pt-br&fs=1&" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="425" height="344"></embed></object>


Iane Mello

 
Autor
Iane Mello
 
Texto
Data
Leituras
1831
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/10/2009 20:34  Atualizado: 16/10/2009 20:34
 Re: Catarse Poética
Oi. Achei belissimo seu poema...
Penso que a alma do poeta não está "longe do mundo e da pressa"...
Mas é somente um jeito de ver, digo, meu de ver.
Forte abraço
Edilson


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 16/10/2009 21:33  Atualizado: 16/10/2009 21:33
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: Catarse Poética
Quanto a mim, um poeta não tem uma, mas várias almas, como se fossem heterónimos de si mesmo: daí que a catarse seja múltipla.

DM