https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Plenitude do Ser

 
 
Open in new window




Entre o céu e o mar
habita em mim o desejo
de meu corpo libertar
das amarras que o prendem
fincando seus pés na terra
impedindo-o de voar

Minha alma libertar...
Como Ícaro, criar asas
para com sabedoria planar
Nem muito perto do sol
para minhas asas não derreter
Nem tão próximo ao mar
pois em suas densas águas
poderia naufragar

A busca do perfeito equilíbrio
entre espírito e matéria
que move a humanidade
desde a sua criação
nos faz crer na possibilidade
de na alma encontrar
a verdadeira libertação

Mas o corpo que habitamos
em vida, nossa prisão
pelos sentidos mantida,
é também nossa morada,
nosso abrigo nesta vida
para uma alma elevada

Há que se ter discernimento
para a harmonia encontrar
entre os desejos do corpo,
vontades de navegar
e os proclames da alma
querendo se libertar

Na vida haverá o momento
de viver em plenitude
Corpo e alma irmanados
Fraternalmente ligados
em perfeita completude

Ianê Mello




Labirintos da Alma


Iane Mello

 
Autor
Iane Mello
 
Texto
Data
Leituras
731
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 19/10/2009 23:30  Atualizado: 19/10/2009 23:30
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Plenitude do Ser
Sonhos de plenitude e de liberdade são comuns a todos nós...
A diferênça está nas palavras que utilizamos para o descrever e nas atitudes que tomamos ou não tomamos.
Majestosas todas as viagens interiores.

Um abraçooo! Abílio