https://www.poetris.com/
 
Textos -> Outros : 

Breve relato da minha curta vida

 
Open in new window


Chamo-me Mariana e tenho oito anos de idade. Nasci a vinte e nove de Fevereiro de um ano qualquer que se perdeu do calendário...
Sou filha de um homem que nunca vi. A minha mãe é prostituta por necessidade, condição imposta pela vida de droga que escolheu e não conheci nenhum outro familiar. Nem avó, nem avô, nem tios ou primos.
Não sei a que cheira o mar, não sei a cor que tem o céu, nem sequer conheço o som de um comboio a apitar...
A minha curta vida foi passada num hospital, para onde me levaram pouco depois de me terem encontrado abandonada numa valeta de uma estrada quase deserta, por onde, por sorte, alguém passou naquela noite de chuva e me ouviu chorar.
Nasci subnutrida, cega, surda e nunca cheguei a andar...
Tenho oito anos de idade, mas não passei de um mês de vida. Morri algum tempo depois, por não me conseguirem salvar.
Neste jardim existem muitas flores, muitas campas bonitas, onde estão enterradas pessoas importantes, com fotografias coladas nas pedras mármore ou de granito e dizeres bonitos escritos a letras douradas. A minha não tem nada disso, apenas uma cruz de madeira assinala o sítio onde me encontro. E as árvores... as árvores têm um cheiro esquisito, um cheiro a cemitério.
O meu nome é Mariana, tenho oito anos e este é o meu túmulo!
Nunca ninguém me veio trazer flores...



*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

Texto triste que escrevi para o livro - "Trago-te um sonho nas mãos"
Porque a vida, não é só alegrias nem coisas bonitas...
 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1907
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
16
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
José António Antunes
Publicado: 31/10/2009 09:12  Atualizado: 31/10/2009 09:12
Super Participativo
Usuário desde: 08/03/2008
Localidade: Portugal
Mensagens: 158
 Re: Breve relato da minha curta vida
Cleo a vida tem muito destas coisas e denunciar é também o papel da poesia.

Bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/10/2009 11:01  Atualizado: 31/10/2009 11:01
 Re: Breve relato da minha curta vida
Cleo, este teu trabalho, no seu todo, é muito forte. Arrepiei-me e gostei.
Como diz o Zé António, restam-nos as palavras.
beijo


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 01/11/2009 00:33  Atualizado: 01/11/2009 00:33
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: Breve relato da minha curta vida
Cara Cleo,

Um soco, um verdadeiro soco no estômago e nos olhos da consciência este relato que aqui nos deixa.
Dá que pensar.
Excelente texto o seu.

DM


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 02/11/2009 20:46  Atualizado: 02/11/2009 20:46
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Breve relato da minha curta vida
Cara,
Texto forte, triste e realista.Infelizmente a infância e a vida não é sorriem para todos.Há que se dizer de todos os seus prismas.Parabéns!
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Pedra Filosofal
Publicado: 02/11/2009 22:34  Atualizado: 02/11/2009 22:34
Colaborador
Usuário desde: 17/09/2007
Localidade: Barreiro
Mensagens: 1279
 Re: Breve relato da minha curta vida
Quantas Marianas não haverá por ai, abandonadas nos cemitérios (quando chegam a ter um enterro)...

Fica nos favoritos


Enviado por Tópico
mim
Publicado: 03/11/2009 01:18  Atualizado: 03/11/2009 01:19
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Breve relato da minha curta vida
E é muito triste também, existirem crianças que vivem com a mãe e o pai, e ninguém as vê. Entram nos hospitais e voltam a sair em subnutrição. Como têm mãe e pai vai andado o caso. Até que leva tanto tempo a resolver, que acaba mal. Devia de haver recursos que actuassem mais rápido nessas situações. Quem trabalha nos Hospitais vê todos os dias casos diferentes, e de risco. As tuas palavras são necessárias!

Beijocas


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/11/2009 01:47  Atualizado: 03/11/2009 01:47
 Re: Breve relato da minha curta vida
Dissestes bem, a vida não é só alegria e coisas bonitas.Seu texto abre-nos os olhos à realidade, tantas vezes ignorada.
Parabéns pela iniciativa.


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 03/11/2009 23:03  Atualizado: 03/11/2009 23:03
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Breve relato da minha curta vida
olá Cleo,

Gostei de ler este teu relato de uma vida curta.
Quantas Marianas não existem inefelizmente, neste mundo de tudo e nada.

Beijinho
Antonieta