https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

EM JEITO DE PROVOCAÇÃO...INSANA, A POESIA?

 


Li muitos poemas por aqui,

E não fiquei muito ufana,

Tanto foi, que os reli,

E quase fiquei… insana.


Perguntareis porquê?

E eu respondo: não dais conta

Da palavra, mil vezes repetida,

Para rimar?


E se em vez de insana, for bifana?

(sempre dá para comer…)

E se o futuro quiser saber, não hesito:

É à cigana que devo recorrer…


Não querendo ser exaustiva,

Creio já ter demonstrado,

Que não é o vocabulário,

O que vos leva ao pecado.


A poesia é alegria, fantasia, tristeza ou loucura,

Nela somos deuses, culpados ou apenas malteses,

Nada justifica repetir a palavra tantas vezes!...




Joabreu

--------------------------------------------------
(Não levem a mal, é da chuva, que me põe assim...insana). É um pouco de humor em dia ruim. Abraços para todas e todos)

 
Autor
Joabreu
Autor
 
Texto
Data
Leituras
635
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VIDEIRA
Publicado: 06/01/2010 11:19  Atualizado: 06/01/2010 11:20
Colaborador
Usuário desde: 30/10/2009
Localidade: Profundo Portugal
Mensagens: 502
 Re: EM JEITO DE PROVOCAÇÃO...INSANA, A POESIA?
Pois é, eu já disse antes... tadinhas de algumas teclas, gastas até à exaustão!...

http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=107611

Beijo e... viva a poesia!...