Poemas : 

TEMPO DE PARTIDA

 
TEMPO DE PARTIDA


A terra é fresca, entumecida,
O fruto escasseia ou está ausente,
Aproxima-se o tempo de partida.

Que nada impeça
O traçado oblíquo da razão,
Nem o riso da criança,
Nem a ternura de irmão.

Percorrida em traços largos,
Ao sabor do vento forte,
Por entre o Sul e o Norte,
Da minha imaginação.

Nela encontro o que procuro.


Arfemo
--------------------------------------------------

http://asedadaspalavras.blogspot.com/

 
Autor
arfemo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1848
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
92 pontos
44
0
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 26/01/2010 20:43  Atualizado: 26/01/2010 20:43
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6868
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Arfemo,


Minha alma está em sintonia com teu poema. É tempo de partida, ou regresso


Parabéns sempre

Núria


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 26/01/2010 20:50  Atualizado: 26/01/2010 20:50
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2009
Localidade:
Mensagens: 6699
 Re: TEMPO DE PARTIDA
A imaginação leva a criação em qualquer campo da atividade humana.O modo poético com o qual te exprimes é prova disso.
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 26/01/2010 21:08  Atualizado: 26/01/2010 21:08
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: TEMPO DE PARTIDA p/Arfemo
É sublime a tua imaginação.

Leva-nos a outros pontos e imagens que se fruem em tom de prece.

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 26/01/2010 21:20  Atualizado: 26/01/2010 21:20
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Um tempo de partida que representa simultaneamente um tempo de (re)encontro.

Um abraçooo! Abílio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2010 21:25  Atualizado: 26/01/2010 21:25
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Muitas vezes o tempo da partida leva-nos ao reencontro no mesmo ponto de chegada. O tempo parece imutável. Mesmo sem partir se chega ao ponto de chegada.

Desculpa, tenho ideias complicadas só explicadas pela física quântica. hehehe. Desculpa!

Beijo azul


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2010 21:37  Atualizado: 26/01/2010 21:37
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Tempo de partida que é também momento da chegada,neste caso, o poema-qual viagem encantada e terna-imagina-se vivendo,vive imaginando-se,reinventando a imaginação.Belíssimo.
Abraço


Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 26/01/2010 22:31  Atualizado: 26/01/2010 22:31
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 669
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Porventura uma espiral que em última análise aponta para o infinito. Na sua rota há escalas que cruzando-se se reencontram. Reencontro do amor, da ternura, da amizade e do mais que faz o essencial. Subjectividade sempre latente.
O abraço sempre amigo
Antonius


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2010 22:42  Atualizado: 26/01/2010 22:42
 Re: TEMPO DE PARTIDA
A datação do tempo de cada um...
Mais uma beleza de poema!
Abraço amigo
Edilson


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2010 23:16  Atualizado: 26/01/2010 23:18
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Quando a terra é fresca e entumescida, mas ausente de frutos ou bem escassos, não será melhor lavrá-la e semeá-la para que os frutos surjam do seu ventre?
- Tempo de partida, sim, ao seu encontro.

Belo poema.

DM


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 26/01/2010 23:38  Atualizado: 26/01/2010 23:38
Usuário desde: 07/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 16117
 Re: TEMPO DE PARTIDA
E aqui eu encontro o que procuro: Poesia de primeira qualidade! A sutileza e a beleza; a mansidão e o estilo; a fineza e o brilho te faz ser estrela gigante nessa complicada constelação! Um forte abraço, amigo poeta!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/01/2010 23:48  Atualizado: 26/01/2010 23:48
 Re: TEMPO DE PARTIDA
amigo, irmão, Arlindo,

o bom é que o poema não fala só pra si. não como pensamos nós, circunspectos... sempre frutos maduros, doces; sempre sol brilhante e quente mesmo no ocaso; com a imaginação pairando serena e segura nas termais... procurando e encontrando, sem pressa de lavrar.

meu fraterno abraço, poeta.

Silveira


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 27/01/2010 00:03  Atualizado: 27/01/2010 00:03
Membro de honra
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11092
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Arfemo,
É sempre tempo de partirmos em busca dos nossos sonhos.
Beijo
Nanda


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 27/01/2010 00:30  Atualizado: 27/01/2010 00:30
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18451
 Re: TEMPO DE PARTIDA
...Por entre o Sul e o Norte,
Da minha imaginação.
Nela encontro o que procuro...

É assim mesmo que sinto, como falas nesse suave e denso poema, com sua assinatura registrada.
Maravilhoso como sempre. bjs


Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 27/01/2010 01:12  Atualizado: 27/01/2010 01:12
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7238
 Re: TEMPO DE PARTIDA para arfemo
talvez todos sejamos nómadas,na esperança de o deixarmos de ser.
belo.
beijo,arfemo




Enviado por Tópico
carlapathy
Publicado: 27/01/2010 01:39  Atualizado: 27/01/2010 01:39
Super Participativo
Usuário desde: 19/12/2009
Localidade: Tramandaí - RS - Brasil
Mensagens: 118
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Arfemo

Teu poema é de buscas
e de partidas,
mas principalmente,
de encontros...
Lindo...

Bjs
Carla Pathy


Enviado por Tópico
AnaMartins
Publicado: 27/01/2010 12:35  Atualizado: 27/01/2010 12:35
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 2220
 Re: TEMPO DE PARTIDA
A partida do "eu" para reencontrar o "mim"...

Belíssimo. Enquanto não encontro na totalidade o que procuro, levo este poema comigo...
Beijo.


Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 27/01/2010 13:52  Atualizado: 27/01/2010 13:52
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2318
 Re: TEMPO DE PARTIDA
...
Olá Arlindo

Que nada impeça
O traçado oblíquo da razão,
Nem o riso da criança,
Nem a ternura de irmão.


... deslumbrante! Li-te a Norte
Agora o Sul


O Meu Abraço


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 27/01/2010 18:14  Atualizado: 27/01/2010 18:14
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 10301
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Comento-o, dizendo-o apenas isto...
Emocionei-me até às lágrimas enquanto o lia.
A razão?
Não sei!
ficará guardado para que eu me possa emocionar mais vezes...
Beijo, meu amigo!
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
AMICI
Publicado: 27/01/2010 23:52  Atualizado: 27/01/2010 23:52
Super Participativo
Usuário desde: 02/01/2010
Localidade: Lisboa
Mensagens: 137
 Re: TEMPO DE PARTIDA
Olá Afermo,

Lindo poema! Intenso! Gostei muito.

... nela encontro o que procuro ...
vejo: ansiedade (partida) da procura do brilho da simplicidade do amor,

Um beijinho,
Maria


Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 29/01/2010 11:47  Atualizado: 29/01/2010 11:47
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2460
 Re: TEMPO DE PARTIDA
maravilhoso tempo de chegada
num poema que quer partida!
ArLindo meu Amigo
linda imaginação tua,
a saber que encontras o que nela procuras!
e "que nada impeça o traço oblíquo da razão"!
"Nem o riso da criança,
Nem a ternura de irmão."
lindoooo
beijinhos
Romma


Enviado por Tópico
FatinhaMussato
Publicado: 29/01/2010 12:48  Atualizado: 29/01/2010 12:48
Colaborador
Usuário desde: 17/11/2007
Localidade: Jales (SP / BR)
Mensagens: 2051
 Re: TEMPO DE PARTIDA p/ arfemo
Belo e sugestivo poema, que nos conduz à reflexão...

Beijinhos em teu coração!

Fatinha.