https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

Quadras de saudade

 
Tags:  Salgueiro    meio dia    choro sem razão...  
 
QUADRAS DA SAUDADE

- O sol acendeu, é meio-dia...
Hoje a sua cor é amarelo dourado
E eu?! Onde deixei minha alegria?
- Se estou como vulcão apagado?!

Vulcão de lava já endurecida
De quando em vez fervilhando
- Tomou conta de mim a Vida!
A vontade se foi acostumando.

O Sol hoje me devolve o cheiro
Das flores das árvores, do pomar
Debruçado no rio ainda o salgueiro
E eu, olhando o rio pronta a saltar.Open in new window



- Está o salgueiro em botão...
No espelho do rio vai chorando
- Também eu choro sem razão...
No mesmo espelho me olhando.

Colho flor de pessegueiro
O Sol me impele a que o faça!
Tenho p'ra mim o dia inteiro
Vou esquecer o tempo que passa.

Sou um vulcão há muito fechado
- Ah! Rio-me de coisa nenhuma...
No coração já o sonho parado.
- E choro sem razão alguma.

rosafogo





Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2561
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
38 pontos
30
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 11/01/2010 12:46  Atualizado: 11/01/2010 12:46
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Quadras de saudade
Tão tristinha a minha amiga.
Não te quero assim.

Está linda a tua saudade,
como toda a tua poesia.
Beijinhos e tudo bom para ti.
Antonieta


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 11/01/2010 13:02  Atualizado: 11/01/2010 13:02
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Quadras de saudade
"Colho flor de pessegueiro
O Sol me impele a que o faça!
Tenho p'ra mim o dia inteiro
Vou esquecer o tempo que passa."

Mais um belo poema e triste também,
querida Rosa!
Um beijo grande para ti.
Com muito afecto,
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 11/01/2010 13:52  Atualizado: 11/01/2010 13:52
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 11967
 Re: Quadras de saudade
Esta saudade vem num ritmo de primavera.

Ah! Rio-me de coisa nemhuma...

Minha amiga é bom rir assim de coisa nenhuma e o choro sem razão é o lavar da alma para florir um novo sorriso.

Beijos


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 11/01/2010 15:58  Atualizado: 11/01/2010 15:58
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6656
 Re: Quadras de saudade
Querida Rosa,
Lindas e expressivas as tuas quadras, que fazem um poema completo em sentimentos e imagens.Embora às vezes demore, dias de doces deleites sempre vêm! :)
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 11/01/2010 16:35  Atualizado: 11/01/2010 16:35
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3348
 Re: Quadras de saudade
Li por aí que a gripe se instalou em sua casa. Essa coisa que nos ataca sem misericórdia já está na altura de alguém arranjar uma solução para a maleita. Enquanto não chega o remédio lutemos pelas melhoras.
Só assim se compreende essa falta de energia na escrita – muito triste.
Mas Rosa, nada melhor do que pensar, que já só falta dois meses para a chegada da primavera, e os dias já crescem, pelo menos aos meus olhos.
O importante é escrever e comentar e tentar ser o mais feliz possível.
Beijo Grande Rosa
JLL


Enviado por Tópico
AnaMartins
Publicado: 11/01/2010 16:36  Atualizado: 11/01/2010 16:36
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 2221
 Re: Quadras de saudade
"Sou um vulcão há muito fechado
- Ah! Rio-me de coisa nenhuma...
No coração já o sonho parado.
- E choro sem razão alguma."

Palavaras de alguém cuja poesia lhe pulsa nas veias!

Um beijinho enorme Rosinha. Gosto muito da tua poesia balsâmica!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/01/2010 17:01  Atualizado: 11/01/2010 17:01
 Re: Quadras de saudade
"Sou um vulcão há muito fechado
- Ah! Rio-me de coisa nenhuma...
No coração já o sonho parado.
- E choro sem razão alguma."

Rosa,venho parabenizar-te pela bela poesia cheia de teu interior que transborda a saudade de dias passados...porém ainda estás viva e o vulcão aceso a produzir estas belas poesias!

Parabens!

ASS:John


Enviado por Tópico
celiacc
Publicado: 11/01/2010 17:28  Atualizado: 11/01/2010 17:28
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2008
Localidade: Setúbal - Portugal
Mensagens: 2392
 Re: Quadras de saudade
Quando a triteza mora no nosso coração, é natural que" choremos sem razão alguma"... mas, será que não teremos razão para chorar?

Querida amiga, as lágrimas também nos lavam a alma
por isso, choremos se nos apetece...

beijo grande
célia


Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 11/01/2010 20:12  Atualizado: 11/01/2010 20:12
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2462
 Re: Quadras de saudade
tanta saudade Rosa Querida!
nos teus Belos poemas a transbordar
alegrias passadas e trsitezas sentidas
o choro e os sorrisos risos
o equilibrio penso estar contigo
beijinhos
Romma


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 11/01/2010 20:29  Atualizado: 11/01/2010 20:29
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2679
 Re: Quadras de saudade
Rosa, caminhos que se cruzam, quer no meio das flores saltando e rindo, quer num turbilhão de sentimentos, de dor ou de saudade que nos fazem recuar e voltar aos lugares que nos dizem algo de nós.

Há muito de mim em ti e de ti em mim

Gosto de senti-lo assim

Tem uma boa noite


Matilde D'ônix


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 11/01/2010 21:50  Atualizado: 11/01/2010 21:50
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 11645
 Re: Quadras de saudade
Mesmo cantado triste prevalece o colorido, a vida e a sensibilidade na tua poesia, minha querida! Árvores frutíferas, rios, vulcões! Muito bom vir até ti! É gratificante e enriquecedor! Beijinhos tamanho do oceano!


Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 11/01/2010 22:28  Atualizado: 11/01/2010 22:28
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3359
 Re: Quadras de saudade
Tão puras e nostálgicas, estas quadras, Natália...
...apetece-me entrar na nostalgia...

Era o sol tão diferente
Quando em Maio me dourava
Os brilhos de um amor nascente
Que um alegre gaio cantava

No jardim onde beijaste
Por vez primeira os meus lábios,
Meu olhar enfeitiçaste,
Esqueci conselhos sábios!

Bem... inspiração em cima do joelho foi o que se pôde arranjar...

Beijinho, minha amiga...


Enviado por Tópico
virginiaalencar
Publicado: 12/01/2010 01:56  Atualizado: 12/01/2010 01:56
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2009
Localidade: Teresina-Piaui
Mensagens: 744
 Re: Quadras de saudade
Rosa ,muito lindo seu poema..e muito saudoso..
sabe a gente de vez enquando...volta para traz..e
começa a lembrar..do passado..ver coisas que hoje
a gente nem ve mais..ou sentir o que a gente de normal sentia..e hoje passa em branco..gosto muito sabe de virar o meu livro da vida..para
as paginas passadas..adoro..e as vezes me veem um poema por conta disto..mas adorei seu poema..fique boa... para escrever mais beijinhos
virginia


Enviado por Tópico
morethanwords
Publicado: 12/01/2010 10:10  Atualizado: 12/01/2010 10:10
Colaborador
Usuário desde: 21/11/2008
Localidade:
Mensagens: 1507
 Re: Quadras de saudade
Que dizer?
Que este Poema me deixou com saudades...talvez seja pelo tempo, pela chuva, não sei...
Querida amiga, hoje deitaria no teu Poema e ficaria assim até o cair da noite...

é amiga tb tenho dias assim...

Um beijinho,
T!na


Enviado por Tópico
Maluzinha
Publicado: 12/01/2010 15:30  Atualizado: 12/01/2010 15:30
Super Participativo
Usuário desde: 16/07/2009
Localidade: Rio de Janeiro - Brasil
Mensagens: 159
 Re: Quadras de saudade
Rosafogo,
Como já diz seu codinome tem elementos em sua escrita que nos faz querer ler a cada linha traçada..
Parabéns.
Grande beijo.