https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Góticos : 

Rosa negra

 
Deitada no meu gélido leito
Tapada com um manto de incertezas
Sinto-me a definhar como uma rosa negra
Plantada e esquecida num lugar ermo...

Ao som da melodia do choro de um anjo
Sigo por este maldito trilho de recordações...

Incendiada pelo desejo do teu corpo
Embriagada pela devassidão dos teus beijos
Liberto suspiros ofegantes na intensidade do esquecimento...

Nas sombras de um sonho apagado
Memórias iluminam as vontades pintadas no meu espírito
Desgastada pela dormência dos meus sentimentos


Open in new window

arthur luiz

 
Autor
duda
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1739
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 06/02/2010 15:57  Atualizado: 06/02/2010 15:57
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4525
 Re: Rosa negra
È a ptimeira vez que te leio poeta e gostei de lero teu poema, onde as recordações incendeiam o peito da rosa entrestecida.

Jinhos
Tudo de bom para ti Duda