https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Arte Do Medo

 
No meio
De certo modo no meio
De tons acinzentados
A luz calmamente desvanece
O controlo ansiosamente se enriquece
É o principio de tudo
De todos os presságios diários
O tempo torna-se irrelevante
E nada pára
Situa-se no meio
De certo modo no meio
De tons acinzentados
No meio de tempo perdido
As cartas estão lançadas
O espelho quebra-se
O silêncio descansa
A indiferença instala-se
Peripécias através de mecanismos invisivéis
No meio
De certo modo no meio
De tons acinzentados
E de tempo perdido
Imagens que provocam reacções
Reacções que limitam o ser
Fronteiras estabelecem-se
Conformismo alimenta-se
Dependência de algo que não se necessita
Torna-se o combustivél da mente
E assim começa a arte do medo.


"The closer you get to light,the greater your shadow becomes."

 
Autor
Motorskill
 
Texto
Data
Leituras
444
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.