https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

COTIDIANO - O ESPÍRITO DO LUGAR

 
Cotidiano o Espírito do Lugar
Autor: Carlos Henrique Rangel

As meninas passaram sorrindo.
Duas crianças e uma adolescente...
O carro virou a esquina...
A moça loura passou a mão no cabelo...
O velho com a flor...

O vento soprou e uma flor voou sobre o carro.
Uma buzina tocou...
A mãe xingou a criança...
E o velho com a flor...

O homem de preto olhou.
Outro carro virou.
A música ... Era linda...
A moto berrou...
E o velho com a flor...

O namorado beijou a menina.
Um carro vermelho desfilou sua beleza.
A farmácia fechou...
E o velho com a flor...

A polícia olhou.
Um menino correu.
Uma cerveja chegou...
Gente com compras...
Uma bíblia na mão...
Um moço de óculos escreveu...
E o velho com a flor...
Uma moça passou.
Um moço mexeu...
Mãe e filha...
Moço e moça...
Carro...
Um jovem andou.
Outro carro passou.
Um neném chorou...
Outra folha voou...
Nuvens de chuva...

Na esquina
O VELHO COM A FLOR...

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
533
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/04/2010 14:44  Atualizado: 01/04/2010 14:44
 Re: COTIDIANO - O ESPÍRITO DO LUGAR
Sempre intenso nas imagens, visualizei a cena, bjus