https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

A insustentavel indefinição do ser

 
Sou
O que sou
Como sou!

E sem saber
Sê-lo
De outra maneira
Que não esta
De assim ser
Por vezes
Sinto até
Aquilo que não devia
Sentir...

É assim
Uma espécie de azia
Que me queima
Por dentro!

Outros
Poderão até ser
O que não são
Mas com estilo!
E fazendo
Do parecer
A sua grande
Ilusão...

Somos
Como somos
Sendo
Ou fazendo crer

E o senso
Bom ou mau
Muito
Pouco
Ou nenhum
É o contrapeso
Que sustém
O fiel da balança
Em constante (des)equilíbrio...

Preciso
Ou impreciso
Visto que este
É pertença
De cada um!


Open in new window



*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

Há um limite para se ser profundo. Há um limite para se ser subtil. Há um limite para se ser bom observador. Nós temos de nos mover num mundo de limites para a viabilidade de se ser. O limite da profundeza é a escuridão. O da observação é o do microscópio electrónico. Mas tudo no homem é assim. Para lá de certos limites é a confusão, a gratuitidade, a loucura. Assim o grande amor se reconhece na morte ou o excesso da razão na confusão ou sofisma ou absurdo ou impensável ou gratuito. Todo o excessivo no homem é desumano ou degenerescência ou vazio. Mas que há de grande no homem senão o excesso de si? E é decerto aí que mora Deus. Ou mais para lá.

Vergílio Ferreira, Escrever, Bertrand Editora, 2001.
 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1783
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
20
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 05/04/2010 18:20  Atualizado: 05/04/2010 18:20
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3351
 Re: A insustentavel indefinição do ser
Cleo, a escrita deu-me coisas boas.

Uma delas foi poder ler-te.

Digo-te com o carinho que sei neste momento.

Beijo Grande

JLL


Enviado por Tópico
José António Antunes
Publicado: 05/04/2010 21:41  Atualizado: 05/04/2010 21:41
Super Participativo
Usuário desde: 08/03/2008
Localidade: Portugal
Mensagens: 158
 Re: A insustentavel indefinição do ser
Sentir que o encanto se deslumbra
e que todas as palavras que se calam
ficam no âmago do coração de cada um...


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 05/04/2010 21:48  Atualizado: 05/04/2010 21:48
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: A insustentavel indefinição do ser
Cleozinha,
Nada como ser fiel á sua essência.
Beijinhos
Nanda


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 05/04/2010 23:07  Atualizado: 05/04/2010 23:07
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: A insustentavel indefinição do ser
Tal como diz o JLL, o que este site tem
de extraordinário é proporcionar-te momentos de bela poesia como a tua. O poema ficou muito bonito.
Beijo, Cleo
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 05/04/2010 23:14  Atualizado: 05/04/2010 23:14
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: A insustentavel indefinição do ser p/Cleo
Ser sempre igual ao que sempre te li e a continuar lendo, como te sendo.

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 06/04/2010 01:52  Atualizado: 06/04/2010 01:52
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: A insustentavel indefinição do ser
Que texto tão suave para ler!Um bonito tema! Parabens pelo belo trabalho!


Enviado por Tópico
laroche_l
Publicado: 06/04/2010 03:17  Atualizado: 06/04/2010 03:17
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2010
Localidade:
Mensagens: 706
 Re: A insustentavel indefinição do ser p/cleo
Constante e perpétua busca. A insaciável necessidade de saber(-se). É mesmo assim, cada ponto de chegada é um ponto de partida. Gostei muito do poema.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/04/2010 03:23  Atualizado: 06/04/2010 03:23
 Re: A insustentavel indefinição do ser
Que honra ler um poema tal como este, bela reflexão sobre o "ser" humano.

Gostei demasiadamente

Beijos

Bernardo


Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 06/04/2010 08:43  Atualizado: 06/04/2010 08:43
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: A insustentavel indefinição do ser
talvez seja:
desenvoltura sem nunca antes ser, conhecimento.

"não é a minha vida que é importante mas sim o que faço com ela."
-qualquer coisa assim.


beijo


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 08/04/2010 18:47  Atualizado: 08/04/2010 18:47
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: A insustentavel indefinição do ser
UI poetisa

Gostei de te ler Cleo
Cada um é como cada qual, o melhor que fazemos é respeitar isso, sermos iguais na diferença

Jinhos
Tudo de bom para ti