https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Ás vezes...

 
Às vezes
Não é preciso dizer nada...

Os olhares cúmplices
E as mãos entrelaçadas
Dizem o tanto
Que o silêncio afaga...

E as bocas
Permanecem caladas
Para que se não gastem
Os verbos importantes
Que mais tarde
Nos poderão fazer falta

Noutras conversas...
Noutros instantes...

Onde o silêncio
Por si só
Não bastará

E aí
Urge falar
A verdade!

Aquela verdade
Límpida
Pura
E cristalina
Como a água

Do sentimento
Que se esconde envergonhado
Por detrás de um beijo molhado...

... dos nossos corpos suplicantes
Dos nossos gestos nus
E dos nossos olhares mudos

De desejos
Inconfessáveis...


Open in new window


Este poema vem daqui


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
863
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
17
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Edilson José
Publicado: 13/09/2009 14:33  Atualizado: 13/09/2009 14:33
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2008
Localidade: SP
Mensagens: 5591
 Re: Ás vezes...
As circunstâncias pedem a linguagem; Há a necessidade de se refletir, para saber!
Parabéns cleo!
Forte abraço
Edilson


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 13/09/2009 14:59  Atualizado: 13/09/2009 20:58
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Ás vezes...
Sim... Cleo,
e no entanto...
paradoxalmente
às vezes as palavras são tão importantes
quanto os gesto!
Mais um belo poema.

Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 13/09/2009 15:21  Atualizado: 13/09/2009 15:21
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: Ás vezes... para cleo
como resposta envio-te um pequeno e humilde poema meu ,que guardo no meu coração, e que só obteve 2 comentários quando o publiquei aqui (risos).parece-me que vai de encontro ao teu,de que tanto gostei.chama-se "janelas".

"Teu olhar são janelas
Lugar-comum de visões tão raras
E à sombra delas
Teu amor
Por fim, me declaras."

beijinho,poeta
alex



Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 13/09/2009 15:50  Atualizado: 13/09/2009 15:50
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Ás vezes...
Olá Cleo, que lindo seu poema! Estou adorando este exercício literário de fotopoema, que seu tópico no forum criou, parabéns!! Bjos daqui.

Enviado por Tópico
vandapaz
Publicado: 13/09/2009 15:55  Atualizado: 13/09/2009 15:55
Colaborador
Usuário desde: 22/11/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 572
 Re: Ás vezes...
Às vezes
não é preciso dizer nada
Basta a humidade do olhar
O toque das tuas mãos
Em segredo silencioso
E quente

Talvez
quando nascer a palavra
Já não precisará de ser dita
Talvez
quando adormecer o sentimento
Ela fará todo o sentido

Não digas nada
Encosta os teus lábios aos meus
e pensa baixinho
o que não precisas de dizer


Beijo amiga

Enviado por Tópico
GE3
Publicado: 13/09/2009 16:09  Atualizado: 13/09/2009 16:09
Da casa!
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Moçambique
Mensagens: 353
 Re: Ás vezes...
(...)
beijo

Enviado por Tópico
morethanwords
Publicado: 13/09/2009 16:12  Atualizado: 13/09/2009 16:17
Colaborador
Usuário desde: 21/11/2008
Localidade:
Mensagens: 1507
 Re: Ás vezes...
É Cleo o que uma foto pode fazer...
http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ASC&type=&mode=0&start=20

Lindo...
excelente ideia tiveste no Forum, gostei...
mas vejo que também abraçaste a foto que postei, com um carinho... Um sentimento lindo este aqui
jinhos,
T!na

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 13/09/2009 21:21  Atualizado: 13/09/2009 21:21
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Ás vezes...
Cleozinha,
Por vezes o silêncio é melodioso quando a linguagem dos corpos apaixonados fala por si.
Beijinhos na alma
Nanda

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 13/09/2009 23:58  Atualizado: 13/09/2009 23:58
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: Ás vezes...
Porque não pensar em abraçar a pintura?

Nunca é tarde.

Gostei.




Beijo.

Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 14/09/2009 19:41  Atualizado: 14/09/2009 19:41
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3351
 Re: Ás vezes...
Olá Cleo!

Conheço esse silêncio e ainda melhor as palavras.

Quase sempre me entendo só com as palavras o silêncio guardo para quem não gosto.

Como sempre teu admirador

Um beijo

JLL

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 14/09/2009 20:05  Atualizado: 14/09/2009 20:05
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12082
 Re: Ás vezes...
Ás vezes não são mesmo preciso palavras basta um gesto e um olhar...

Mais um poema sublime com o teu encantamento natural.

Beijos

Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 19/09/2009 22:53  Atualizado: 19/09/2009 22:53
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: Ás vezes...
..querida amiga das palavras,
espero antes de tudo que te encontres bem...
deixo-te este poema em simbiose com os "nossos" e em homenagem aos que fazem parte desta "brincadeira"...


somos
(da transpiraçao de todos os poros)
os que ficam para
alem das imagens.
o riso das pedras
que os amantes beijam
na àgua.
chegam-me à boca
a transparencia das
estrelas vivas
como nos teus ouvidos
as palavras de amor
abafadas
-nossos gemidos.
da memória
a fidelidade das asas
somos
pássaros livres.
alma e corpo.
no turbilhao de prazeres
prendemos e desprendemos
nossos dedos
para depois
(tal como eles)
...desfalecemos.


abraço deste teu...
Caopoeta