https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

LOUCURAS POR VOCÊ

 



Quando você se foi da minha vida,
naquela hora suprema de desgosto,
um oceano de mágoas em meu rosto,
forjou a cena cruel da despedida.


Quando você se foi, pedi guarida
ao mais indefectível pressuposto;
tanto faz ser Abril ou ser Agosto,
loucuras por você são cometidas.


Depois de transgredir a última lei,
nas esquinas do mundo perguntei
a quem duvida de tudo e a quem crê...


E vasculhei essa terra a cada palmo,
e procurei a resposta até nos salmos,
mas não havia ninguém como você...




 
Autor
Ravatsky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
574
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.