https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Tranças ao vento

 
Tags:  liberdade  
 
Eu tinha tranças.
Longas tranças feitas de textos,
seiscentos fios de textos
que brotavam de minha cabeça
trançados com a perfeição do destino.
Todo dia, o feiticeiro
o malvado, Angus Verbus,
gritava-me lá de dentro do cérebro:
-Joga as tranças!
E eu as jogava,
balançavam em cabalhotas pelo céu
cinza de meus hemisférios,
até caírem, barulhentamente no chão vermelho
do tálamo.
Ele subia, rindo, e balançando-se
como criança malvada.
E assim foi, por muito, muito tempo.
Até que um dia,
Alopécia, a fada, disse:
-Vá!
E eu fui. Saí dançando pela janela
(sem o peso das tranças eu flutuava...)
Nunca pensei que ser careca fosse tão maravilhoso.
Desde então meus textos ficam espalhados ao céu, flutuando em uma nuvem de papel. Girando pelos giros na substância branca, límbicos.
Minha cabeça solta fios ao infinito, soltos, eu vejo eles se enrolarem ao nada, apenas divertindo -se às correntes de vento que os levam a passear no arrebol.





Ana Lyra

 
Autor
anakosby
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2044
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
29 pontos
13
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LilaMarques
Publicado: 29/04/2010 14:48  Atualizado: 29/04/2010 14:48
Da casa!
Usuário desde: 07/04/2010
Localidade:
Mensagens: 233
 Re: Tranças ao vento
Minha amiga,

QUE LINDO este teu texto!!!

Tu és muito, muito bonita e feliz careca! De que valem tranças que prendem e pesam a entortar-te a cabeça? Esta cabeça mágica QUER ser livre. Pois seja!!!

Um beijo grande,
Lila.


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 29/04/2010 15:08  Atualizado: 29/04/2010 15:08
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Tranças ao vento P/ Analyra
Analyra, a cada texto que vou lendo teus,
vou ficando surpreendida com esse talento
que transborda em cada poema.
Azar daqueles que não te lêem pois teriam
muito que aprender.
Lindo....!
Beijo e aqui fica o destaque:

[quote]Nunca pensei que ser careca fosse tão maravilhoso. Desde então meus textos ficam espalhados ao céu, flutuando em uma nuvem de papel. Girando pelos giros na substância branca, límbicos.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/04/2010 17:17  Atualizado: 29/04/2010 17:17
 Re: Tranças ao vento
maravilhoso este texto.palmas
ABRAÇOS
Mary


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 29/04/2010 17:29  Atualizado: 29/04/2010 17:29
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4533
 Re: Tranças ao vento
Estou a adorar ler o que
vai postando.
Parabens.
Beijo
Antonieta


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/04/2010 17:42  Atualizado: 29/04/2010 17:42
 Re: Tranças ao vento
A sua imaginação não tem limites, "diverte-se às correntes de vento" e leva-me a "soltar fios ao infinito".

Parabéns pelo seu talento.

Bj

Marialuz


Enviado por Tópico
Sentimentalmente
Publicado: 29/04/2010 19:32  Atualizado: 29/04/2010 19:32
Participativo
Usuário desde: 28/04/2010
Localidade:
Mensagens: 23
 Re: Tranças ao vento
As tranças que se envolvem à volta do pescoço e nos sufocam...nada como cortar o mal pela raiz.

Minha cabeça solta fios ao infinito, soltos, eu vejo eles se enrolarem ao nada, apenas divertindo -se às correntes de vento que os levam a passear no arrebol.

Belíssimo

Beijo
Nuno


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 30/04/2010 01:56  Atualizado: 30/04/2010 01:56
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Tranças ao vento
Me sinto em casa, coisa boa! Vou afastando as nuvens e te lendo. bjs