https://www.poetris.com/
 
Textos : 

sábado.

 
Tags:  ao sampaio(r)ego.  
 


. façam de conta que eu não estive cá .






não gosto dos sábados, sabem a despedidas. tu ao menos ainda te podes sentar a ver as tuas gaivotas, eu não tenho gaivotas e a maré, hoje forte, afoga-me as memórias. um jeito sereno de dizer poesia, se poesia precisar o corpo. a espera é tranquila, almejar um mundo inteiro com os sonhos na algibeira. queria dizer-te não vás mas sei que é teu o destino de ir. mas não vás triste, um dia as caras encontrarão os seus corpos, hoje ainda não. não gosto deste sábado. amanhã o meu irmão faz anos, dar-lhe-ei um abraço que constrúa uma ilha, que ele saiba de ti e desta semana, de como em mim criaste barcos. não te vou procurar, prometo-te, guardo apenas de ti a semana passada, duas bocas a entenderem dois ouvidos, quase gastos de palavras ocas. se te disserem de mim a distância conta-lhes do absurdo que é julgar o sentimento pelo que separa os corpos. havemos daqui voltar, a esta praia, é disto que se faz a história, ainda que ninguém nela caiba, por ser já tão nossa. e aqui voltando saberemos de nós, partidos na metade de tempo onde fomos um do outro.







 
Autor
Margarete
Autor
 
Texto
Data
Leituras
825
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
10
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/06/2010 18:47  Atualizado: 18/06/2010 21:07
 Re: sábado.
Finalmente sábado ufa tava difícil ate eu pensava que sábado não chegava
gostei do texto parabéns

Enviado por Tópico
PROTEUS
Publicado: 05/06/2010 18:52  Atualizado: 05/06/2010 18:52
Colaborador
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade:
Mensagens: 3588
 Re: sábado.
Eu gosto de sabado
e saboreio o que puder
transformando em 30 as 24 horas.
Sábado tem um pequeno problema...
É vespera de domingo...
"E segunda feira ninguém sabe o que será..."

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 05/06/2010 19:22  Atualizado: 05/06/2010 19:22
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1580
 Re: sábado.
sempre uma escrita cativante e invulgar.
a minha relação com os Sábados é a mesma de com os outros dias da semana.
gostei muito.
Parabéns ao mano (se bem que adiantados...).


Beijo.

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 05/06/2010 20:04  Atualizado: 05/06/2010 20:04
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: sábado. para mar
marzita...tenho de te contar.apanhei um taxi,porque hoje, despistada como sou, esqueci-me da chave de casa e do carro quando saí de casa para tomar café. tive de ir buscar a suplente à minha mãe.não vais acreditar no que o taxista me contou:diz que andam 6 gaivotas perdidas por guimarães.falou-me quase todo o caminho delas.juro que não estou a inventar!

...pode?

beijos


Enviado por Tópico
sampaiorego
Publicado: 05/06/2010 20:56  Atualizado: 05/06/2010 20:57
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2010
Localidade: algures virado para o mar com gaivotas
Mensagens: 1150
 Re: sábado.
. voltarei

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 05/06/2010 21:18  Atualizado: 05/06/2010 21:18
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2295
 Re: sábado.
...
olá mar

não gosto dos sábados, sabem a despedidas. tu ao menos ainda te podes sentar a ver as tuas gaivotas, eu não tenho gaivotas e a maré, hoje forte, afoga-me as memórias

considerasse
ou não eu, ainda não é tarde: como se as tivesse ouvido
— levam-te elas os sonhos ...




beijo

Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 05/06/2010 22:56  Atualizado: 05/06/2010 22:56
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3535
 Re: sábado.
As segundas feiras são muito mais
problemáticas, pelo menos para mim.

Os sábados são mais relaxantes,
por vezes bem
mais divertidos até.

beijo Margarete

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 06/06/2010 19:19  Atualizado: 06/06/2010 19:19
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: sábado.
Me perco de qualquer sábado, me encontro em toda palavra aqui mesmo. bj

Enviado por Tópico
sampaiorego
Publicado: 09/06/2010 22:14  Atualizado: 09/06/2010 22:14
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2010
Localidade: algures virado para o mar com gaivotas
Mensagens: 1150
 Re: sábado.
disse que voltava

não vou. às vezes pode parecer que vou. mas não. apenas tenho necessidade de ficar um pouco menos tempo com este homem que escreve o mar e as gaivotas – muitas vezes. tenho que ficar em silêncio. encontrar tudo que perdi enquanto escrevo – sempre que escrevo entrego-me. e sempre que me entrego perco algo que era só meu – eram palavras puras porque nunca tinham ido à rua ver os adultos. puras. porque nunca tinham tido medo de sentir a diferença. puras. porque nunca antes tinham saído para uma qualquer paragem com vento. falésia sem mar e sem gaivotas de asas enormes – depois. fico a compreender se fiz bem em soltar aquelas palavras ao olhar cruel. daqueles que apenas procuram um miradouro para encontrar um prazer efémero – é por estas alturas que falo dias e dias para mim. ouço-me. e tento encontrar a razão para voltar a escrever para quem gosta das minhas gaivotas. para quem gosta de sentir ventos que nunca foram contra-alísios. para quem gosta de sentir a força das palavras mesmo quando elas nascem como furacões – o remoinho de ventos circulares distorce a realidade de quem está sentado na ponta da falésia. sei que não é fácil escutar os ventos – abro os braços. sei que não voo. mas sinto o vento a cortar-me o peito. sinto a força das palavras a emergir. e ao contrário das gaivotas que mantêm os olhos abertos para poderem ascender a um céu que sempre lhes pertenceu. eu fecho-os. para poder descer até aos sonhos que em dia de tempestade me dizem que um dia serei eu também uma gaivota com nome – nesse dia. irei voar sem parar. percorrerei todos os continentes. todos os mares. todos os ventos. e quando não tiver mais força voarei em direcção ao sol até que o calor me transforme numa estrela brilhante.