https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DESNUDA DE PLÁSTICO E PAPEL

 
Tags:  amar    introspecção  
 
Ah! Garota!

Não quero você

Quero teu olhar

É algo difícil de explicar

Algo mais pueril, espiritual.

Não quero tocá-la,

Quero ver-te:

Não sorrindo,

Não falando,

Não nua,

Não me acareciando...

Apenas com semblante natural.

Como uma foto viva

Desnuda de plástico e papel...

Quero ver-te num instante

E ter-te comigo para sempre

Desnuda de plástico e papel...


 
Autor
Edtrigo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
416
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.