https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Esperando no Frio

 
Te esperarei no frio,
ao vento que sopra da BR-101
e ao sereno empoeirado à
beira do colapso.

Quero teu sorriso balsâmico
para aplacar o dia vazio
que se fez nublado em
meu peito.

Te esperarei no frio,
clmando por teu calor
intenso, rezando
para que os anjos levem
minha alma para meu corpo vazio.

Um espinho incomoda em meu peito,
nas estradas com meus velhos
sapatos, calco a poeira
com os olhos úmidos.

Te esperarei.
Ficarei aqui, gelado ao
relento, como um asno
trágico, uma estátua de
um vulto desconhecido
em busca de razão e do
seu corpo incadescente.



São Gonçalo, 11 de agosto de 2010

 
Autor
RomuloNarducci
 
Texto
Data
Leituras
633
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 25/08/2010 18:12  Atualizado: 25/08/2010 18:12
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: Esperando no Frio
Fantástico, sente-se a dor, a tristeza, a ânsia, o frio e o cinza da 101...
BEIJO, GOSTEI MUITO DE LER-TE.