Poemas -> Sombrios : 

CANTO À NOITE

 
Tags:  tristeza    morte    noite    Escuridão  
 
Open in new window


CANTO À NOITE







Aproveito esta energia matinal
E a alegria de estar viva
Tão sómente mais um dia afinal,
Onde quero ficar de voz activa.
Vivê-lo com sofreguidão, sorvida
E sedenta contar com a vida como tida
ou garantida.

Canto à noite...

À noite as horas passam misteriosas
Surgem sempre pressentimentos
E logo as estrelas luminosas
Me penetram os pensamentos.
Noite cheia de mistérios
Que ousam violar minha solidão
No reino da noite surgem sérios
Avisos que afogam o coração.

Rumores, e também mau olhado
Angústias ou sombra delas
Sons esquisitos que entram pelas janelas
Ou então p'lo telhado.
Vem à memória, tempos passados
Parecendo moinhos no topo duma colina
Aguardando ventos agitados
Ou passagem de alma perigrina.

Noite povoada de aparições
Noite de horas lentas e desoladas
Noite morta de emoções
Noite(velando morto)lágrimas quentes, choradas.

Ontem passou
a Senhora morte aqui na aldeia.
Passou e levou!
Para o escuro da sua teia,
donde não há regresso, alguém
Sem pedir licença a ninguém.

natalia nuno
rosafogo











Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2463
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
18
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 23/08/2010 15:30  Atualizado: 23/08/2010 15:31
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: CANTO À NOITE
Querida Amiga
Poetisa Rosa!

A noite é mesmo cheia de mistérios.
Há quem diga que dificilmente a morte chega durante o dia, ela escolhe sempre a noite.
Poema sombrio mas muito belo!
Bjinhos
♫Carol


Enviado por Tópico
rosa-branca
Publicado: 23/08/2010 15:36  Atualizado: 23/08/2010 15:36
Colaborador
Usuário desde: 24/05/2010
Localidade:
Mensagens: 739
 Re: CANTO À NOITE
Olá Rósinha, poema com muita nostalgia e imagem também triste. A tristeza da partida para o escuro e de onde não há regresso. Fala-se da luz na escuridão... será? Gostei amiga. Beijo com carinho


Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 23/08/2010 16:12  Atualizado: 23/08/2010 16:12
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: CANTO À NOITE
Neste tua poesia colocaste a escuridão profunda.
Pecebi que a morte sempre chega a noite.
Mas a noite tem o lado bom, descansamos e escrevemos
poesias maravilhosas!

Rosa,pode ter a certeza que sempre leio teus poemas.

Um abraço em ti.

Varenka


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 23/08/2010 16:30  Atualizado: 23/08/2010 16:30
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 11384
 Re: CANTO À NOITE
Escureceu mais cedo aqui hoje. Notas tristes e melancólicas, porém não menos dotadas de arte estética e talento. Vim passear um pouco em tuas agradáveis linhas e aproveitar a oportunidade para mandar um beijinho e dizer que sinto saudades. Mas ando enrolado até o último fio de cabelo. Uma pena. Mas sempre que posso venho te "ver", nem que seja apenas para matar a saudade. Mais um beijinho em ti, Natália!


Enviado por Tópico
virginiaalencar
Publicado: 23/08/2010 16:35  Atualizado: 23/08/2010 16:35
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2009
Localidade: Teresina-Piaui
Mensagens: 744
 Re: CANTO À NOITE
Oi querida Rosa ,que lindo este teu poema..me tocou
muito..pois acho a noite as vezes momentos para Refeltir..o dia que passou e tambem ,para Orar e conversar com Deus..mas sinto que voce falou da escuridão...olhe a morte já e um Escuridão porque
Não nous acostumamos com ela..Não tem quem faça..
Mas sabemos que não viemos para Ficar..muito lindo
o que escreveste..Beijos Virginia


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 23/08/2010 16:37  Atualizado: 23/08/2010 16:37
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7281
 Re: CANTO À NOITE
A noite é mágica e fantasmagórica e propícia às flutuações da mente. À noite paira nosso inconsciente...

Bj poeta


Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 23/08/2010 18:39  Atualizado: 23/08/2010 18:39
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: CANTO À NOITE p/Rosa
No silêncio da noite, os sons se atropelam como avisos ou simplesmente pela fragilidade do escuro. nela encontramos vida e morte, alegrias e tristezas.
As tuas desilusões e tristezas são um cântico!

bj
Eduarda


Enviado por Tópico
Runa
Publicado: 23/08/2010 22:23  Atualizado: 23/08/2010 22:23
Colaborador
Usuário desde: 24/04/2010
Localidade: Santo Antonio Cavaleiros
Mensagens: 1177
 Re: CANTO À NOITE
Todas as noites, a morte faz uma ronda pelas aldeias da vida, escolhendo quem quer levar. Contra isso, nada nem ninguém se pode opor. Apesar de ser um tema triste e sombrio, é o que de mais certo temos.

Grande beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/08/2010 23:20  Atualizado: 24/08/2010 00:27
 Re: CANTO À NOITE
Tambem sinto-me mais inspirado de manhazinha! Rimas muito boas e boa sonoridade! Meus parabens e um abraco!