https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ORGÂNICO

 
Tags:  amor    paixão    desejo  
 
Open in new window


ORGÂNICO

Se este orgânico amor
Superar-se além dos corpos,
Dos intangíveis espíritos
Impondo-se mais nosso
Do que seria um amor
Dono dele próprio

Se o carinho nosso
For mesmo o fulgor
Em cândida essência;
Do genuíno furor,
A quintessência

Dir-te-ei, sim,
Mesclarei no tempo
Tua alma à minha
E te nutrirei de sonhos
Por meu umbigo,
Farto em afagos,
Mesmo sem estares comigo...

Vive agora, querida!
Vai por tua senda sem-fim
E não mais retornes...
Só saibas o que de ti
Moldou-se rútilo em mim

Mesmo longe do teu ar
Bravo, respiro
E absorto em mim,
Pelo mito de te soprar,
Relembro-te e,
Insuflando assim, revivo


Gê Muniz

 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1093
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/09/2010 15:10  Atualizado: 13/09/2010 15:10
 Re: ORGÂNICO
Ola poeta

Se o amor é candido na exxencia, o recordar é viver e morrer sempre um pouco mais no vazio de alguem.

Beijinhos
Tudo de bom para ti Gê


Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 13/09/2010 15:36  Atualizado: 13/09/2010 15:36
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: ORGÂNICO
Gostei muito Gê e fixei-me no seu final!

Abraço do ZÉ


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 13/09/2010 15:54  Atualizado: 13/09/2010 15:54
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: ORGÂNICO
Poeta Gê!

Que pena que está longe este amor, mas deixou algo bom que te faz relembrar com tanta ternura.
Não me enrolastes muito deu para dar folga aos meus dois meninos rsrsrs.
Gostei poeta!
Bjo no coração
♫Carol


Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 13/09/2010 15:58  Atualizado: 13/09/2010 15:58
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: ORGÂNICO
Um belo poema de amor e medo.
Gostei, principalmente da imagem.

BEIJO, AMIGO!