https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

DESCE O PANO

 
Desce o pano
Nesta sátira cómica
Com papéis invertidos
Com demais sentidos
Desce o pano
Sobre o palco, o amor
O argumento final da dor
A frieza da paixão

Desce o pano
Apagam-se as luzes
Mergulhado na escuridão
Estou eu espectador esquecido
Maravilhado pela obscuridade
Desce o pano
Sobre este nosso romance
Acaba a expectativa
E assim fico
Num momento eterno
Parado no silêncio
De um teatro vazio
E assim fico
Prostrado frente ao palco
Ovacionando o fim do amor
Abraçando a frieza da dor

Bruno Carvalho

 
Autor
bcarvalho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
832
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.