https://www.poetris.com/

 
Offline
bcarvalho
AMANHECER EM TI
As minhas noite passam-se entre murmúrios E recordações fugazes de momentos incertos Em espaço va...
Enviado por bcarvalho
em 31/10/2007 14:17:42
Offline
bcarvalho
PALAVRAS NO SILÊNCIO
Passo as mãos pelas curvas do teu corpo marcadas nos lençóis A memória de um beijo despojado nos ...
Enviado por bcarvalho
em 11/09/2007 01:32:26
Offline
bcarvalho
“POR VEZES…”
Por vezes navego nas águas turvas do meu infortúnio Rompendo as ondas negras do coração Fazendo d...
Enviado por bcarvalho
em 22/08/2007 14:39:32
Offline
bcarvalho
DESCE O PANO
Desce o pano Nesta sátira cómica Com papéis invertidos Com demais sentidos Desce o pano Sobre o p...
Enviado por bcarvalho
em 16/08/2007 12:31:02
Offline
bcarvalho
AMOR FERIDO
Revivo os meus pesadelos Palavras queimadas pelo fogo do esquecimento Atrevo-me a chorar, a larga...
Enviado por bcarvalho
em 30/07/2007 13:23:44
Offline
bcarvalho
SOMBRAS
Sombras inundam o meu ser decadente Arrasto-me na lentidão demente De um amor que me tornou vilão...
Enviado por bcarvalho
em 16/07/2007 14:42:01
Offline
bcarvalho
REFLEXO DE MIM
Quem me dera adormecer com o sol Fugir do eterno esquecimento dos sonhos Quem me dera ver além de...
Enviado por bcarvalho
em 11/07/2007 00:05:50
Offline
bcarvalho
PERDI O ENCANTO
Perdi o encanto das coisas O amor fez-se pecado mortal A noite explodiu em tons de tristeza Despe...
Enviado por bcarvalho
em 27/06/2007 14:16:36
Offline
bcarvalho
VIVO DE MEMÓRIAS
Vivo de memórias De palavras ultrapassadas pelo tempo Vivo de esperanças fugidias De amores sonha...
Enviado por bcarvalho
em 18/06/2007 17:49:18
Offline
bcarvalho
LI-TE...
Li-te ao relento daquela noite Palavras sublinhadas na aragem Breves pensamentos feridos Constant...
Enviado por bcarvalho
em 12/06/2007 15:08:00
Offline
bcarvalho
RASCUNHOS
Rascunhos de uma vida cinzenta Palavras rasuradas por mãos trémulas Sentimentos ofuscados por vid...
Enviado por bcarvalho
em 05/06/2007 13:46:23
Offline
bcarvalho
IMPOSSIBILIDADE...
Dispo-me desta verdades inconsequentes e vazias As primeiras horas de um dia debitam misérias Fal...
Enviado por bcarvalho
em 04/06/2007 18:12:46
Offline
bcarvalho
PESADELO DE UMA VIDA
Eu vejo sombras, eu vejo dor Vejo fantasmas a roubar flores do meu túmulo Vejo espíritos que vagu...
Enviado por bcarvalho
em 29/05/2007 17:07:08
Offline
bcarvalho
FORA DE TEMPO
O porquê da causa das coisas Está tudo fora de tempo A realidade mistura na tortuosa melancolia E...
Enviado por bcarvalho
em 28/05/2007 18:50:59
Offline
bcarvalho
PERDI-TE
Vivo atormentado pelo desejo Como pudeste ser tanto e tão pouco em mim Passo as pontas dos dedos ...
Enviado por bcarvalho
em 24/05/2007 13:15:58
Offline
bcarvalho
LUZ E TERNURA
Ocasionalmente o silêncio é quebrado Pelo eco das tuas palavras doces e brandas Por vezes ainda v...
Enviado por bcarvalho
em 22/05/2007 12:21:52
Offline
bcarvalho
"Uma Causa Perdida"
Se aqueles olhos no espelho me pudessem convencer Que outra pessoa existe em mim Se aquela opaca ...
Enviado por bcarvalho
em 21/05/2007 14:17:16