https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Diálogo com Neruda

 
Pelo poema de Pablo Neruda: “Posso escrever os versos mais tristes esta noite”

Caro leitor, me desculpe a ousadia,
Mas, dialogarei com Neruda através da poesia:

Às vezes não se valoriza alguém que merecia.
E só na falta sentimos quão grande a sua valia,
Tristes, pela ausência de alguém que se podia
Ter dado maior valor e não só quando se queria.

Mais triste é saber que de outro será ela um dia,
Como minha assim o foi, em noites de utopia.
Isto nos causa maior dor, desespero e agonia.
O bom, rápido se vai, e sua ferida se cura tardia.

Clamar por amor passado é reviver uma ironia:
Amor antigo não cobra, nem pede o que em antes podia.
Só se empobrece de esperança sem perder o amor e a magia.
Por isso nossos versos tão tristes, tão tristes quanto se podia.


Mário Piccarelli

 
Autor
Mario Piccarelli
 
Texto
Data
Leituras
669
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 23/08/2007 19:16  Atualizado: 23/08/2007 19:16
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Diálogo com Neruda
A ti não desculpo.

Pois esse diálogo com um dos meus preferidos,
Ficou tão bom.

Essa viagem pela poesia,
COm amor e muita magia,
Ficou uma delicia de se ler.

Beijinhos