https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Brincar com o fogo

 

Loucos brincam com o fogo
Almejando uma benesse
Numa corrida de interesse
Com o poder demagogo.

Loucos brincam com o fogo
Andam a pé ou de carro
Com um fósforo ou um cigarro
E a desgraça ateia logo
É gesto que não advogo
Pois esses falsos doentes
Ou alegados inconscientes
Não valem o que ganham
Pelo terror que espalham
Entre vidas inocentes.

Almejando uma benesse
Ou por simples vingança
O fogo ganha esperança
Nalgum que enriquece
Mas o povo não merece
E vai lutando destemido
Pois o lume sem sentido
Surte montado no vento
E mostra o lado cinzento
Dum país empobrecido.

Numa corrida de interesse
O tão cobiçado dinheiro
Até é bom conselheiro
Mas o caso nem é esse
É bem pior e entristece
Pois ardem matas e casas
A tragédia ganha asas
Leva pessoas e animais
E a justiça que pode mais
Vai passando pelas brasas.

Com o poder demagogo
Em promessas de outrora
Tentando cumpri-las agora
Para não entrar no jogo
Nasce um desejo que rogo
Ao nosso brando costume
Que se ouse e se exume
A causa de vil tristeza
Para a gente portuguesa
E que a maldade se esfume.

bloackt.


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
934
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.