Poemas : 

Percepção

 
Para mim, o Mundo é um mistério!
Quanto mais rezo, menos tenho.
Quão mais recto, menos retribui a vida.
Será que compensa ser sério?
Esta “passagem” é uma corrida
Que começa e acaba sem glória.
Ninguém recorda o inicio
E todos esquecerão, um dia, o fim.
Se falhares o entretanto, não tens história.

Para mim, o Mundo deixou de ser um vício!
Quem nunca ganha, perde a vontade,
A esperança, os sonhos e as certezas.
Por muito que nos sintamos esventrados,
A felicidade é uma verdade
Que dispensa subtilezas.
Sinto que fui enganado
Por quem me educou.
Ensinaram-me tudo ao contrário!

Para mim, o Mundo é agora revolta!
Qual bondade qual quê?
De que importa ter valores
Se ninguém os vê?
Porque razão
Me ensinaram tanta teoria
Sem aplicação prática?
Não me prepararam para o que viria,
Mas para uma existência utópica.

Para mim, o Mundo é uma lição
Que aprenderei tarde demais
Ou talvez jamais.
Agora, com o coração
Já formatado e resistente,
Torna-se difícil mudar.
Hei-de morrer decente,
Afogado em virtudes,
Sem ninguém para as partilhar!

 
Autor
AngeloP
Autor
 
Texto
Data
Leituras
737
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.