https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

LIBERDADE Á POESIA

 
LIBERDADE Á POESIA
 
LIBERDADE Á POESIA

Condena-te o íntimo pensamento
Arde o fogo no olhar, desejo incauto.
Deixaste de ter o peito de um arauto
Guerras interiores, os sentimentos.

Nobre seria confessar-te á dama
Expor-te, despir-te da armadura.
Diligente e ávido leva-la á cama.
Livrar-te-ia de tristes amarguras

Escravizado estás por tais alusões
Porque não dar asas as tuas ilusões?
Permita-te alforriar o querer, a poesia.

Inspirado então por versos de amor
Realizarias o teu platônico furor
Ou inda crês que amar a bela é heresia?


"A vida de um poeta é como uma flauta na qual Deus entoa sempre melodias novas." (Rabindranath Tagore)
Open in new window

http://taniamarapoesias.blogspot.com


 
Autor
Tânia Mara Camargo
 
Texto
Data
Leituras
1259
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
14
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 21/01/2011 12:39  Atualizado: 21/01/2011 12:39
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: LIBERDADE À POESIA
Que maravilha , uma maravilha, encantado com esse belo poema. Deixo meua abraço.

Martisns

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/01/2011 13:28  Atualizado: 21/01/2011 13:28
 Re: LIBERDADE Á POESIA
*Tania! Nossa! Tu entraste no meu peito com esses versos!
Poesia livre, e para mim, a Poesia também me é liberdade!
Belíssimo e irretocável!
Favorito!
Beijo-te
Ka*

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 21/01/2011 13:46  Atualizado: 21/01/2011 13:46
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2739
 Re: LIBERDADE Á POESIA
O soneto é muito bom e bem escrito. Só não entendo a mania das poetisas colocarem imagens de mulheres semi-nuas ou nuas sobre suas poesias.(será que toda mulher tem fascinio pela nudez?)

abraços








Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 21/01/2011 16:25  Atualizado: 21/01/2011 16:25
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: LIBERDADE Á POESIA
Liberdade em linhas poéticas com criatividade.

Beijos

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 21/01/2011 17:06  Atualizado: 21/01/2011 17:06
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: LIBERDADE Á POESIA
A verdade é que o soneto,
tal como nos habituaste, é maravilhoso.
Beijo Tânia.
É um gosto ler-te, sempre!
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 21/01/2011 17:09  Atualizado: 21/01/2011 17:10
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: LIBERDADE Á POESIAp/Tania Mara Camargo
belíssimo soneto, taninha. e a foto que o ilustra é divina. adorei. quanto a este babaca, que ele vá tomar no cu e largue de dar lições de falsa moral. quem faz plágios descarados não devia se manifestar, mas sim recolher-se à sua mísera insignificância. e avise a ele, se puder, que seminua não se escreve semi-nua. além de tudo é analfabeto.

valeu, taninha.

beijo.

j.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/01/2011 19:14  Atualizado: 21/01/2011 19:14
 Re: LIBERDADE Á POESIA - p? Tânia Mara Camargo
o soneto está muito bom.

ao pseudopoeta DESLIZE um aparte:

DESLIZE:

VOCÊ CALADO É UM POETA



passar bem... mau!