https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

O Predador

 
Tags:  sordidez  
 
Intriguista com cara de tritão,
Justo padrão de marialva altivo;
Bronco, hediondo, agressivo;
Vaidoso, caprichoso, parvalhão.

Faz do jogo sórdido, sedução;
Até um ar sofrido vê lascivo;
Tudo ao seu redor lhe é cativo;
Predador sem pudor... Um furacão!

Assim, frente ao seu espelho colorido,
Cuja imagem, Narciso, colhe e segue,
Não terá a noção de ter morrido,

No vórtice da vaidade, que o persegue.
Auguro-lhe castigo bem merecido,
Visto que a Natureza não prescreve.



Joana D'Arc





 
Autor
Joanad'Arc
 
Texto
Data
Leituras
1328
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
5
1
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VIDEIRA
Publicado: 09/02/2011 20:15  Atualizado: 09/02/2011 20:15
Colaborador
Usuário desde: 30/10/2009
Localidade: Profundo Portugal
Mensagens: 502
 Re: O Predador
A água onde Narciso se reflecte,
-fatal contratempo deste mundo-
acabará por sumir-se na retrete
e deixar só um cheiro nauseabundo...

sorriso para ti, Joana. D'água limpa.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/08/2011 12:40  Atualizado: 03/08/2011 12:42
 Re: O Predador - Para Marília
Geralmente não gosto de sonetos, pouco me passo a lê-los... Mas este aqui é uma exceção das exceções... Adorei! Só vi que era um soneto no final, quando olhei a categoria...
Ficou perfeito, Marília... Prendeu minha atenção até o final e ainda reli.

Quem sou eu para dá-los, mas ouso:
Parabéns!

Enviado por Tópico
Marinheski
Publicado: 03/02/2012 20:59  Atualizado: 03/02/2012 20:59
Super Participativo
Usuário desde: 10/03/2007
Localidade: Mem Martins
Mensagens: 152
 Re: O Predador
costumo comentar com versos os poemas, mas não quero cometer aqui o erro de Almeida Garret quando escreveu Camões, ao colocar O Poeta a falar em versos com os restantes que lhe respondiam da mesma maneira, ombreando-os.
Joana, acabaste de te tornar a minha "heroína", este é o único soneto aqui que eu li que respeita o nome e a razão de ser de um soneto, um soneto feito à glória dos antigos. escreve mais, virei fã. Não sei se entendi o queres dizer, e nem sei se quero entender, só sei que é prazeroso ler este soneto em voz alta e são bem feitas as imagens.

Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 04/05/2016 20:21  Atualizado: 04/05/2016 20:21
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1717
 Re: O Predador P/ Joanad'Arc
Olá Joanad'Arc !
Estava eu a passar os olhos sobre as escritas deste cantinho, quando me deparei com este belo soneto. Eis que, como sou de comentar só o que gosto, resolvi "meter a minha colher" em poema alheio! Pois, gostei do que aqui contou, num português irrepreensível e seguro. E como se isso não bastasse, uma temática que me encantou. Os meus parabéns. Ficou uma "obra de arte"
E digo-lhe que vai constar dos meus favoritos porque vou querer ler sempre e mais!