https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

CLAMA MEU PENSAMENTO

 
Meu pensamento imerso, n'um absorto
E longínquo recordar do passado...
Recorda o Fado, outrora traçado
P'ra mim que hoje não passa d'um aborto.

Que apesar de no ventre seu ter morto
Seu espirito ainda vaga, abraçado
Ao agora, no futuro debruçado,
Procurando em mim seu mui vil conforto.

(Mas Aquele que ao Fado meu deu morte,
Tem poder de reescrever minha Sorte.)
E chora em clamor o meu pensamento...

Seja enviado, ao mar do esquecimento,
Este espirito mau que me atormenta,
Que morte cruel à minha paz dar tenta.

>>>>> Nilton Nascimento


É NO SILENCIO DOS VERSOS, QUE PODEMOS OUVIR O SILENCIOSO GRITO QUE NOSSAS PENAS PINTAM EM PAPEL...

www.nilton.soy.es

 
Autor
niltontuga
 
Texto
Data
Leituras
484
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 15/03/2011 15:19  Atualizado: 15/03/2011 15:19
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4533
 Re: CLAMA MEU PENSAMENTO
Clama e grita um outro renascer.

Gostei imenso do que li.
Abraço
Antonieta