https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

desaustinada.mente

 
há quem se ache dono das palavras
há quem se ache dono da lucidez
há quem se ache dono das consciências
mas use apenas da malvadez.

há quem se ache dono da bondade
há quem se ache dono da justiça
há quem se ache, tudo só por se achar
por cima da carniça.

 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1012
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
12
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 12/07/2011 19:18  Atualizado: 12/07/2011 19:18
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: desaustinada.mente
Um poema que adorei em ler, DEIXO MEU ABRAÇO.


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 12/07/2011 19:36  Atualizado: 12/07/2011 19:36
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: desaustinada.mente
há sim senhora!!...o que importa é animar a malta
e o resto...se dane.
beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/07/2011 19:49  Atualizado: 12/07/2011 19:49
 Re: desaustinada.mente







Enviado por Tópico
gabrielas
Publicado: 13/07/2011 00:43  Atualizado: 13/07/2011 00:44
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2010
Localidade:
Mensagens: 547
 Re: desaustinada.mente p a desocupada e dos poemas pirosos
esta mulher é uma valentona da merda, que grava chamadas das amigas para um dia as poder usar contra elas, ahhh valentona. mas onde é que eu ouvi dizer que não se deve cuspir para o ar que pode cair em cima?