https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

@ ridícul@ que ama

 
@ amante que tenho é rídicul@ chora
Tem a alma em lágrimas, olhos de ternura
Fraqueza no andar, súplica, voz escura
Sufoco que engasga, e no dizer demora.

Ou fará @ amante que rídicul@ chora
Máscara do caminho, chantagem da hora
Fals@ suicida, vaidade, armadura
Engano escondido, e a fingir implora?

um homem não chora?
só a mulher pode chorar?

...e as manhas amorosas?
 
Autor
gabrielas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
588
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 31/10/2011 14:05  Atualizado: 31/10/2011 15:22
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: @ ridícul@ que ama
Gostei de como poetou esse tal de am@r ridícul@... Um am@r (ar)r@bado...

Um beijo