https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

nem só de pão

 
Nem só de pão
Minha alma se aconchega,
Mas em razão
Dêem-me pão
Que meu coração é de manteiga,
É de manteiga pois derrete
Com coisa pouca
E se uma voz meiga
Me promete
A paixão louca
Dá-me alimento
Ao sentimento
Como se fosse pão prá boca .


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
819
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
5
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/09/2011 10:38  Atualizado: 03/09/2011 10:38
 Re: nem só de pão - Para Octávio
café, manteiga, pão
dá-me um pouco de calor
que derreto em tua mão
e me alimento em teu sabor...


Gostei muito, achei-o divinamente original!



Um abraço em você, Octávio.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 03/09/2011 12:08  Atualizado: 03/09/2011 12:08
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: nem só de pão
Com poucas palavras tudo dito.Muito bom, enternecedor, gostei de ler-te.

Abraço amigo.

Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 03/09/2011 12:23  Atualizado: 03/09/2011 12:23
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3397
 Re: nem só de pão
gosto da sua poesia, Octávio. sabe a pão caseiro, que dura a semana inteira, no gosto, e a vida toda, na saudade.

Enviado por Tópico
Virgínia
Publicado: 03/09/2011 13:14  Atualizado: 03/09/2011 13:14
Muito Participativo
Usuário desde: 21/04/2011
Localidade:
Mensagens: 95
 Re: nem só de pão (mas também de pão)
Delícia de poema pra se ler ao acordar...Quase sinto o cheirinho gostoso do pão saído do forno. Saber e sabor numa mistura perfeita!
Obrigada.

Enviado por Tópico
Yan_Booss
Publicado: 03/09/2011 14:11  Atualizado: 03/09/2011 14:12
Da casa!
Usuário desde: 26/08/2011
Localidade: Brasil-BR (Itinerante)
Mensagens: 376
 Re: nem só de pão
'paixão e razão, manteiga e pão, para um coração de surpresas; como é esta composição' surpreso fiquei com a construção deste poema. cumprimento-o.

Yan