https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Sobre-Viver

 
Tags:  amor    paixão    sonho    viver    imaginação  
 
Sobrevivo às palavras
Que se perdem em meus braços
Enleadas em teus laços
Sobrevivo às estórias
Onde me prendem nestas amarras
Em estranhos cantos de cigarras
Sobrevivo aos sonhos
Pedaços vazios de memórias
Tão distantes das vitórias
Sobrevivo às ilusões
Na desilusão em teus olhos
Perdido em eternos abandonos
Sobrevivo sem querer
Pela metade de todas as divisões
Resultado final destas conclusões
Sobrevivo aqui enfim
Onde faço de mim o teu ser
Pois é em ti que desejo viver


António de Almeida

 
Autor
Antonio de Almeida
 
Texto
Data
Leituras
983
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 27/09/2011 05:20  Atualizado: 27/09/2011 05:20
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3720
 Re: Sobre-Viver
"Sobrevivo às palavras
que se perdem
em estranhos cantos de cigarras
sobrevivo às ilusões
perdido
sobrevivo
(fazendo) de mim o teu ser"

Belo momento de leitura. Gostei.

Abraço-te

Enviado por Tópico
jbg
Publicado: 22/09/2012 16:03  Atualizado: 22/09/2012 16:03
Participativo
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade: Lagoa Vermelha
Mensagens: 35
 Re: Sobre-Viver
Sobrevivo aos sonhos. Querendo ou não, felizmente ou infelizmente.

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 21/04/2015 16:07  Atualizado: 21/04/2015 16:07
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3985
 Re: Sobre-Viver
''Sobrevivo às ilusões
Na desilusão em teus olhos
Perdido em eternos abandonos''

Que lindo, Antonio!
Um beijinho, moço do blog... rss


*-*