https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Prima

 
Uma estrela no céu
uma luz no coração
com uma caneta e papel
eu escrevo uma canção.

Tento olhar pro mar
para em algo me inspirar
olho para o chão
mas não me vem inspiração

Minha mente explodi
meu coração palpita
tento começar a canção
mas algo me intriga

Podia falar do chão
ficaria bem natural
mas nem pouco sentimental

Escolhi uma coisa
linda e imponente
eu quase nao a vi
estava bem a minha frente

Uma coisa simples
linda e minha favorita
essa coisa falava ,resmungava ,
e até cantava,

Era ela a sereia
mas bela de todo mar
com um violão em sua mao
sob a luz do por do sol tocar

cantava um musica
sutil ,e conhecida
bem usada eu diria
pois até a batida eu já sabia

Muito louca a sensação
ao ve-la sob aquela luz
parei logo com a cançao

Queria olha-la
aprecia-la
exalta-la

Mas, uma coisa eu ja sabia
que apenas uma musica
nao serviria,
para recitar a beleza
que simplesmente ali jazia

Escrevi logo um poema
meloso e sem dilema
demonstrando meu afeto
com os versos mais singelos,
para uma bela cena,

Geovãnia minha prima
mora em em meu coraçao
escrevo este poema
pra demonstrar minha afeição
que sinto por te priminha
dentro do meu coraçao

Voce pode ter amigos
voce pode ter irmaos
mas basta um priminho
pra acabar com esse festao

Nao quero fazer intriga
muito menos acabar em briga

Só quero que voce seja pra mim
aquilo que eu sou pra voce
um amigo companheiro
para nunca se esquecer

E com esse simples verso
muito simples e completo
que escrevi pra te
te mando mando um grande beijo
pra tu sempre sorrir.

 
Autor
clebersama
 
Texto
Data
Leituras
1387
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.