https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Encontro de duas mãos

 
Como seria um encontro
de nossos pensamentos,
nosso olhares fixos no firmamento,
buscando o brilho das mesmas estrelas
no meio de uma noite serena e cálida.
Seria imensa alegria que sentiria,
poderia julgar imortal,
apenas por imaginar, num repente.
que possa fazer parte
de um mesmo momento seu.
Também imagino
que o encontro de nossos olhares
em busca das mesmas estrelas
no meio da noite,
se fosse possível,
seria um sentimento indescritível.
Minha linda e eu,
em reflexões infinitas,
dois momentos constritos
num círculo fechado
meu olhar buscando uma estrela
que refletirá seu olhar
e a trará para mim
mesmo que por um instante.
Instantes de ansiedade,
de imaginação,
se intenso sonhar
tão infinito quanto o impossível.
Instantes que guardaria para sempre
como lembrança doce
dos instantes em que pude ver
refletido nas estrelas
o verde olhar de minha linda.
Mais ainda, para sempre, inesquecível.


De arrebatada figura,
sou altivo, sou forte,
não carrego lutos e mágoas,
até um dia enganei a morte,
na sua faina de colher almas
e renasci.

 
Autor
Warmien
Autor
 
Texto
Data
Leituras
763
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/03/2012 13:03  Atualizado: 15/03/2012 13:03
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Encontro de duas mãos
Uma exubarante poesia, magia maravlha