https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

[nos reflexos do sorriso]

 
.
.
.
.
.
.
.
.
..............................
******************************


Cantam-me as manhãs de luz,
iluminadas,
e nos reflexos do sorriso, teu,
desapareceram as ansiedades, minhas,

mudam-se os ventos, molda-se
o barro, e da água constroem-se
castelos de núvens que ficam
como os de areia, aguardando.

Aguardo-me no tempo da viagem,
que o tempo me esqueça,
que março termine,
que o mar acalme,
e nestes tempos que o tempo
tenta desfazer,
brotam corais nas lagoas paradas,
trotam cavalos loucos pelos
campos de linho,e o sol
destapa-se da noite em aurora.

Posso não compreender as faces
do mar, nem as alturas das ondas,
nem o cantar da baleia azul,
posso,

do tempo que me escasseia olho-o,
sem temor, sem nostalgia,
que o raio seja breve,
e que da terra sem margens
ou barreiras, sossegue a flor de lótus.

No sorriso, só teu,
ficou o olhar, só meu,
e,
no tempo de todo o sempre tempo,
se encurtem as viagens,
que regressem as andorinhas,

por fim.

[Afinal, a tua primavera, está tão tatuada em mim],
[...]
final: nada mais me interessa,
resta-me o mar, e o som de um violino,
que o tempo então, me esqueça.


"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/




Lydia the Tattooed Lady

O Transversal
“La Folie, Lydia the Tattooed Lady, dos irmãos Marx,... das viagens, das estações do ano, das partidas e de alguns regressos...”
 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
1107
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
10
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessicaseventeen
Publicado: 07/03/2012 20:15  Atualizado: 07/03/2012 20:17
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2011
Localidade: Coimbra, Portugal
Mensagens: 920
 Re: [nos reflexos do sorriso]
Querido Transversal

Adorei (essencialmente):
"e nos reflexos do sorriso, teu,
desapareceram as ansiedades, minhas"
"No sorriso, só teu,
ficou o olhar, só meu,
e,
no tempo de todo o sempre tempo,
se encurtem as viagens,
que regressem as andorinhas,

por fim.

[Afinal, a tua primavera, está tão tatuada em mim],"

Consegue me encantar sempre com a beleza e doçura dos seus poemas

Belas são as viagens intermináveis nesse sorriso...

Por isso venho... e virei...

Beijinhos *

Jessica Neves


Enviado por Tópico
FelipeMendonca
Publicado: 07/03/2012 20:50  Atualizado: 07/03/2012 20:50
Luso de Ouro
Usuário desde: 01/12/2011
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 509
 Re: [nos reflexos do sorriso]
Vou deixar mais esse lá no pó. Belíssimos versos. Grande abraço e sucesso.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/03/2012 21:32  Atualizado: 07/03/2012 21:32
 Re: [nos reflexos do sorriso]
Uma aula de poema...começo a ler e fico triste ao final...desejando que houvessem mais linhas.Obrigado por compartilhar.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/03/2012 21:45  Atualizado: 07/03/2012 21:45
 Re: [nos reflexos do sorriso]
escolhi-----------


[Afinal, a tua primavera, está tão tatuada em mim],
[...]
final: nada mais me interessa,
resta-me o mar, e o som de um violino,
que o tempo então, me esqueça.


:::::::::::::::::::::::::::::::então

encosta o teu rosto
sonha melodias no calor tépido do olhar
meu
da primavera
quem pode saber
quem sabe
que
se pudesse
seria corda de violino
no teu adormecer
para que nunca
a primavera
das tuas palavras esmorecesse.

[fazes-te primavera na poesia que Sorris]
obrigada

num Abraço para T.i maiúsculo


Enviado por Tópico
Lai,Laís
Publicado: 08/03/2012 19:58  Atualizado: 08/03/2012 19:58
Participativo
Usuário desde: 27/02/2012
Localidade:
Mensagens: 44
 Re: [nos reflexos do sorriso]
Sensacional e sublime , como sempre uma linda poesia!
Parabéns

Um abraço