https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

O Amanhã

 
Tags:  fantasia  
 
Navego no rio cor de fogo
sinto-te…
nessa árdua ausência
e o pôr-do-sol
foge-me… das mãos
como este dia enigmático.
Navego só…
com a solidão das águas moribundas

por ora,
sinto-me assim

preso nos desejos
no seio das inépcias

o que tiver que acontecer…
só o amanhã dirá!


Escrevo…para libertar as personagens que não consigo Ser!
________________________________________
http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/

http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/



 
Autor
Paulo Afonso Ramos
 
Texto
Data
Leituras
3005
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IzauraN.Soares
Publicado: 11/11/2007 09:52  Atualizado: 11/11/2007 09:52
Da casa!
Usuário desde: 19/10/2006
Localidade: Osasco- SP
Mensagens: 326
 Re: O Amanhã/PauloAfonso
Olá poeta, bom dia!
Que lindo seu poema...
"O que tiver que acontecer...
Só o amanhã dirá"!

É verdade não sabemos do dia
de amanhã só o dia de hoje que
momentaneamente estamos vivendo.

Muito belo... Parabéns!

Um beijo no seu coração!