https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

do dia

 
.
.
.
.
.
.
.
.
...................................
***********************************




I

das lágrimas, se dizem purificadoras
por serem salgadas,

serão os sete mares
todos os choros da terra?

Sei que,
onde se esconde a noite tapam-se alguns pirilampos
prisioneiros da luz,

sei que,
a noite esconde os olhares das sombras,
algumas escondem-se
delas próprias para sempre, jamais saberei se os lirios trocam entre si as poesias,

onde tantas as vezes os referi.


II

do dia onde encontro a tua nudez,

vingam-se as noites em chuva,
apagando as velas que restam

e na sedição que sempre revelou,

esconde aqueles cometas que um dia viamos
por entre as nuvens transparentes.

Ficam-me os sabores dos seculos que se eternizam

pelo mar onde me navego


e ao longe avisto a ilha deserta que sempre procurei,
uma noite,

miragem, direi,

no centro da tempestade, sou.


"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/







...
[do ciclo dos ventos, das primaveras, de mim, talvez de ti]


 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
951
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
22
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2012 04:11  Atualizado: 30/04/2012 04:11
 Re: do dia
" e ao longe avisto a ilha deserta que sempre procurei,
uma noite,miragem, direi,no centro da tempestade, sou."

Muito difícil destacar um trecho , talvez escolha este por ver algo de mim...emocionou-me com este texto.Obrigado e grande abraço.


Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 30/04/2012 04:34  Atualizado: 30/04/2012 04:34
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: do dia
Que o dia em que todos os mares possam ser engolidos pela pela terra a dentro e vertidos nas cachoeiras adocicadas a regar os girassóis que apontam para o poente...e todas as flores possam vir atapetar o mar e assim, não mais serão mares de desenganos, e sim de lírios florescendo no raiar do dia em que, o marujo encimado no mais alto mastro, gritar: terra à vista!
Ufa!!!
Adoro quando isso corre assim, como lava por dentro das veias...
Obrigada por mais esse deleite e fruição.
Abraços
Valéria Cruz


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2012 06:02  Atualizado: 30/04/2012 06:02
 Re: do dia
Caro amigo, talvez as lágrimas de tristeza que a humanidade tem vertido ao longo dos milénios desse mesmo para encher sete mares! As lágrimas de alegria dão para encher um lagozinho. Parabéns por outro belo poema. Abraços.


Enviado por Tópico
jessicaseventeen
Publicado: 30/04/2012 15:05  Atualizado: 30/04/2012 15:05
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2011
Localidade: Coimbra, Portugal
Mensagens: 920
 Re: do dia
Me toca sempre
(de maneira diferente)
com os seus poemas

Beijinhos *

Jessica

P.S. Feliz por gostar do vídeo (eu não (me) vi nem me quero ver) lol
Confesso que foi a primeira vez que estive a falar em público...
Tirando que li depressa demais até penso que correu bem :)


Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 30/04/2012 15:23  Atualizado: 30/04/2012 15:23
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: do dia
aqui navega-se nos ventos de poesia a soprar às velas...

um abraço


Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 30/04/2012 19:31  Atualizado: 30/04/2012 19:31
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: do dia P/ Transversal
A beleza do seu poema encantou-me...obrigada pela partilha!

"No centro da tempestade" onde nos encontramos tantas vezes...raras são as que conseguimos manter a "vela" acesa...mas se conseguimos (às vezes)...é um Milagre da Natureza!

Parabéns! Adorei!

Abraço poético

Felisbela


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 30/04/2012 19:42  Atualizado: 30/04/2012 19:44
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2790
 Re: do dia
Entre nuvens e cometas, o poeta delira. Encontra-se no movimento da terra, centro oculto de si mesmo.O caos e a harmonia embalam nuvens, espalham-se nas alvuras do ser.
...
Obrigado pela inteligente comentário ao "Poema de Inverno".


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2012 23:59  Atualizado: 30/04/2012 23:59
 Re: do dia
Nem imaginas como gosto de ler-te... viajo nos versos pelo universo da tua poesia.


"Ficam-me os sabores dos seculos que se eternizam

pelo mar onde me navego


e ao longe avisto a ilha deserta que sempre procurei,
uma noite,

miragem, direi,

no centro da tempestade, sou."


Belíssimos... mergulho nas imagens.

Meus parabéns e obrigada pelo deleite.


Um abraço, ALICE


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/05/2012 01:24  Atualizado: 01/05/2012 01:24
 Re: do dia
____________de tanto contarmos

[com]

os mares
as vagas
os dias
as horas
desilusões e sorrisos
vimos
sonhámos
aprendemos
vivemos, não sei
recordamos, demasiado

e não vemos
a luz
a aurora
o rosto
a boca

___________que apenas a nudez das palavras conta pois nela se esconde a Beleza d'Alma

[cada tempestade foi um Beijo perdido]

AbraçoT


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 01/05/2012 02:37  Atualizado: 01/05/2012 02:37
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: do dia
Vais pousando as emoções nas
roupas mais diferentes... E eu?
nem sei o que falar! bjs e obrigada


Enviado por Tópico
ElisabettM
Publicado: 13/10/2021 16:37  Atualizado: 13/10/2021 16:37
Da casa!
Usuário desde: 04/01/2019
Localidade:
Mensagens: 245
 Re: do dia
Fantástico! Parabéns!

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 13/10/2021 18:39  Atualizado: 13/10/2021 18:39
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 4888
 Re: do dia


Beleza poética

Que lágrimas salgadas
de nuvens transparentes
no centro da tempestade

Um abraço poeta Transversal