https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Necessidade

 
Tags:  esperar    desejar    precisar  
 
Quem muito espera alguma coisa, se arrisca a aceitar o que não quer, ou até o que não precisa.
Pelo muito esperar, vem a gana, o desejo, o necessitar. E quando se espera algo assim, perde-se um pouco de noção.
O descontrole traz uma certa ilusão, que faz com que você pense que encontrou o que precisava, mas, pouco tempo depois, você descobre a verdade.
Você continua mísero e necessitado. O que você encontrou, na verdade, não era o que você mais precisava, era apenas o que você queria.
Quase sempre não se precisa do que muito se quer.
Querer apenas o que se precisa, é o segredo.
Poupará muito da nossa energia.


Cláudia Banegas

 
Autor
Cláudia Banegas
 
Texto
Data
Leituras
648
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.