https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 11 »
Offline
Cláudia Banegas
O Velho e o Mar
Minhas mãos trêmulas seguram as redes como se fossem os meus pães e os meus peixes. Sou mais um...
Enviado por Cláudia Banegas
em 30/12/2014 20:04:55
Offline
Cláudia Banegas
Enigma Feminino
Sou pura essência feminina e do meu jeito sou mais menina. A alma clara abriga sonhos complexos,...
Enviado por Cláudia Banegas
em 22/12/2014 21:05:29
Offline
Cláudia Banegas
Namorando o Sol
Sou borboletinha que voa sobre o girassol. Voo leve, feliz, livre e perfeitinha. Coloridinha, bai...
Enviado por Cláudia Banegas
em 09/12/2014 20:31:11
Offline
Cláudia Banegas
DIAMANTE
Fui pedra bruta um dia, bem sei, mas lapidada e polida pela vida em precioso diamante me tornei...
Enviado por Cláudia Banegas
em 21/11/2014 00:18:39
Offline
Cláudia Banegas
FOGO E AR
No momento meu coração virou água, que transborda e molha as pedras na estrada, que alguém já and...
Enviado por Cláudia Banegas
em 12/11/2014 01:43:33
Offline
Cláudia Banegas
Devaneios
Sou mulher, sou sonhadora... às vezes desisto, em outras sou lutadora... Ando com a cabeça na lu...
Enviado por Cláudia Banegas
em 29/10/2014 21:33:39
Offline
Cláudia Banegas
ESSÊNCIA
ESSÊNCIA Às vezes ando às cegas, desafiando os meus dias Caminho ora firme, ora trôpega, Esfrega...
Enviado por Cláudia Banegas
em 26/10/2014 03:51:54
Offline
Cláudia Banegas
Psique e Cupido
Tal encanto não se via, entre as belas era a mais bela mortal Exaltada, em canções entoadas, tão ...
Enviado por Cláudia Banegas
em 22/12/2011 01:50:37
Offline
Cláudia Banegas
Amor de Borboleta
Como bailam borboletas, em meio às flores nos jardins Meu coração se aquece quando percebo Que só...
Enviado por Cláudia Banegas
em 30/10/2010 22:17:19
Offline
Cláudia Banegas
Tempestade
Ouço ao longe tempestade Dentro em mim, ansiedade Tempo passa, passatempo Rufa o trovão da verdad...
Enviado por Cláudia Banegas
em 16/10/2010 05:07:47
Offline
Cláudia Banegas
Enquanto você dormia
ENQUANTO VOCÊ DORMIA EU FIZ UMA POESIA QUE DIZ ASSIM: AMOR SEM FIM ÁGATA RUDE BRILHO CARMIM AMO...
Enviado por Cláudia Banegas
em 03/08/2010 04:04:00
Offline
Cláudia Banegas
Reencontro
É tão bom o encontro Melhor que este o reencontro Dois corpos que se encontram E se abraçam Conf...
Enviado por Cláudia Banegas
em 05/07/2010 22:39:29
Offline
Cláudia Banegas
Sonora (Indriso)
Apesar de sonora, não sou canção E sem ser ave, pousa agora uma inspiração Cujos versos em rima s...
Enviado por Cláudia Banegas
em 12/06/2010 17:08:10
Offline
Cláudia Banegas
Relíquias
O Sol atravessa a taça Tecendo nuances de luz Enquanto vou me aquecendo Pensando no que me seduz...
Enviado por Cláudia Banegas
em 09/06/2010 20:10:20
Offline
Cláudia Banegas
Andorinhas
Lá se vão as andorinhas Tão felizes, tão levinhas Vão-se todas, todinhas Uma só não faz ver...
Enviado por Cláudia Banegas
em 03/05/2010 21:46:48
Offline
Cláudia Banegas
Poema Pueril
Tu és na terra meu cantinho Pedacinho a beira-mar Onde começa meu caminho Onde acaba meu penar ...
Enviado por Cláudia Banegas
em 27/04/2010 01:15:31
Offline
Cláudia Banegas
Apenas Palavras
"Alguém, em algum lugar, sentiu uma dor no peito. E perguntou a si mesmo: _ Que dor será?! E...
Enviado por Cláudia Banegas
em 15/04/2010 22:11:42
Offline
Cláudia Banegas
Amanhecer
Tocas meu corpo, estremeço Beijas-me a boca, bom começo Nosso amor avassalador Devassidão, toque,...
Enviado por Cláudia Banegas
em 03/02/2010 02:21:34
Offline
Cláudia Banegas
Mãos (Indriso em homenagem ao povo do Haiti)
Estas são minhas mãos Mãos que a tragédia poupou Entre tantos mortos, meio vivo cá estou Perd...
Enviado por Cláudia Banegas
em 19/01/2010 02:38:08
Offline
Cláudia Banegas
Cafajeste Bacana
Resolvi procurar no Google o significado da palavra "cafajeste", já que muitos homens s...
Enviado por Cláudia Banegas
em 19/01/2010 00:45:24
(1) 2 3 4 ... 11 »