https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Costurando com palavras

 
Tags:  rimas    fios    meada  
 
Open in new window

Costurando com palavras

Só os poemas me afastam da amargura
E de toda a solidão de cunho tão atroz
Como alfaiate eu vou fazendo a costura
Usando letras aonde se usaria o retrós

Talvez escrever se torne até uma usura
Pois a rima me aparece sempre tão veloz
Vou me apegando nesta antiga cultura
Mesmo que a poesia já não tenha voz

Nasci para brincar com todas as rimas
Assim como águas brotam das minas
E essas fontes se transformam em rios

Mas se algum dia me faltar este prazer
Não sei o que é que poderá acontecer
Pois perderei da meada, todos os fios.

jmd/Maringá, 05.05.12


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
716
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/05/2012 18:00  Atualizado: 07/05/2012 18:00
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29264
 Re: Costurando palavras
Uma delicia de poema, belo

Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 07/05/2012 21:48  Atualizado: 07/05/2012 21:48
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: Costurando com palavras
Muito boa sua costura...embora eu só saiba fazer alinhavos...
Abraços
V.