https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Paquiderme

 
Tags:  atenção    nação    epiderme    raça.  
 
Paquiderme

A humanidade é como um paquiderme
Não faz uso das mãos para se abraçar
Usa sua pele rugosa para se comunicar
Parece ter medo de perder a epiderme

Com muita dificuldade estende a mão
Acha que os diferentes são perigosos
No máximo alguns são menos vistosos
Mas todos merecem a mesma atenção

Sempre querem destruir a outra nação
Pelos costumes diferentes do seu irmão
Mas no mundo todos nós somos iguais

Seja da raça branca, amarela ou negra
É necessário que a pessoa seja íntegra
Pois todos teremos os mesmos finais.

jmd/Maringá, 08.11.18



verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
30
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.