https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

*SEMPRE AS MESMAS*

 
<p align="center">Open in new window

<fonte color="#3366FF">Sempre as Mesmas**

O verão veio o inverno parou
O outono apareceu frutificou
Os costumes variam de estação
A moda muda virou na contramão

As folhas secaram a lágrima caiu
A criança nasceu à vida emergiu
O coração amou desequilibrou
Perdeu, venceu, sorriu, ganhou.

Os homens criaram asas voaram
A queda é inevitável tropeçaram
O sucesso subiu ao topo elegeu
O caos aqui sim, acolá não venceu

As correntes foram quebradas
A liberdade criou fama desregrada
As idéias mudaram dobraram estradas
As pessoas são as mesmas enraizadas

Sogueira</fonte><center>



Livros Publicados:
- Por Justa Causa - contos
- Nas Entrelinhas (200 sonetos)
- A Pequena May - juvenil
-Datas Comemorativas em Poesias
-Eu Poesia, Contos e Crônicas
-No Reino de Sininho, infantil
- A Janela Azul
- Contação de História Infantil...

 
Autor
SoniaNogueira
 
Texto
Data
Leituras
808
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.