https://www.poetris.com/
 
Textos -> Surrealistas : 

Doce Lua...Poetisa Aradia Fortunato.

 


Doce lua, incoerente ferida pelo tempo,
Doce mãe do céu, marte mal malhado,
Prateada relógio dos meus antepassados,
Deusa branca da lua, teu corpo o universo,
Teus lábios os buracos negros.
Teus olhos as Nebei nas neblinas cósmicas.
Sereia voadora, do arco estelar,
Tuas lágrimas os meteoritos,
Tuas entranhas os planetas,
Doce Lua, mãe divina, teu rosto a graça divina.
Chuva de prata arco-íris das Deusas,
Deusa branca da Lua prateada

 
Autor
Miladyaradia.
 
Texto
Data
Leituras
634
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.