https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Visitas crebras

 
Uma visita amigável, a alguém de vez em quando,
São como ondas brandas numa praia; - Suavizantes.
Mas, tornar-se-ão ondas de raz de maré, devastadoras.
Se amofinar uma privacidade com visitas incessantes.

Sementes de tagarelice e rumores nas intimidades.
São férteis no solo árido das visitas sem sentido.
Produzirão frutos indesejados, sentimentos feridos,
Colheita farta e embaraçosa sujeita a penalidades.

Avassaladora poderá ser a sequela da tagarelice,
Excitadas pelas fortes ondas das visitas frequentes.
Vagas produzidas por bruscos impulsos a difundir-se.

Provérbios vinte e cinco dezessete: É sábio ler e escutar.
Como “fazer raro o teu pé na casa do teu próximo”,
“Para que não se farte de ti e certamente venha te odiar.”

Maximo Enio da Silva

Visitas crebras

Uma visita amigável, a alguém de vez em quando,
São como ondas brandas numa praia; - Suavizantes.
Mas, tornar-se-ão ondas de raz de maré, devastadoras.
Se amofinar uma privacidade com visitas incessantes.

Sementes de tagarelice e rumores nas intimidades.
São férteis no solo árido das visitas sem sentido.
Produzirão frutos indesejados, sentimentos feridos,
Colheita farta e embaraçosa sujeita a penalidades.

Avassaladora poderá ser a sequela da tagarelice,
Excitadas pelas fortes ondas das visitas frequentes.
Vagas produzidas por bruscos impulsos a difundir-se.

Provérbios vinte e cinco dezessete: É sábio ler e escutar.
Como “fazer raro o teu pé na casa do teu próximo”,
“Para que não se farte de ti e certamente venha te odiar.”

Maximo Enio da Silva
 
Autor
Maximoeniodasilva
 
Texto
Data
Leituras
1321
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 06/04/2013 11:10  Atualizado: 06/04/2013 11:10
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: Visitas crebras
Um encanto de poema. lindo