https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Umunthu

 
Dentres cais do coração
nasce a resplandecência
elendadas na âmplitude do sertão
capando toda a discrepância.

Somos imperfeitos
para sentimentos não há peritos
em cada peito frio
plantados em sacrilegio.

É humanizado todo
que autenticamente aspira
para a vivência todo tempo.

É estar em sintonia
com a vida sem profias
vivendo uma em varias vidas.

Umunthu-dialecto falado em Tete/Moçambique. Umunthu= humanismo.

 
Autor
Samukas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
351
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.