https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Quem sabe…

 
Quem sabe…

Quem sabe…
um dia irei por aí
sem rumo, até ti
e quem sabe se um dia
ensoparei o corpo
em cheiro de cor
saltitando da alma
a mesma dor

Quem sabe…


Escrito a 02/01/14
 
Autor
Liliana Jardim
 
Texto
Data
Leituras
740
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Asnoréctico
Publicado: 04/01/2014 13:05  Atualizado: 04/01/2014 13:05
Da casa!
Usuário desde: 12/06/2013
Localidade:
Mensagens: 283
 Re: Quem sabe…
Muito bonito, como simples, como mágico …!
Um milhão de parabéns por isso…

Quem sabe, se o mar transformará uma onda azul, no sorriso teu, para escrever nas pegadas marcadas a esperança com espuma…

Existe aqui no luso, um anjo (Vânia) que me disse, que a poetisa escreve e escreveu as cartas mais bonitas de sempre, vejo que também, escreve da mesma maneira a poesia …

Um abraço e bom ano.


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 04/01/2014 13:09  Atualizado: 04/01/2014 13:16
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Quem sabe…
O manhã dessa alma terá a magilidade do copro da pele. Um excelente 2014 para você e toda família


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/01/2014 14:52  Atualizado: 04/01/2014 14:52
 Re: Quem sabe…
*Lili querida, 'quem sabe' tem permeado meu caminho.
Dizes tanto em poucas linhas.
Esse ano , no segundo semestre, estou 'sonhando' em comemorar meus 50anos em Portugal. Um presente seria encontrar contigo, com a Fatinha, a Natalia, a Teresa...e todas que eu pudesse...quem sabe...rsrsss.
Um abençoado 2014 para ti Poeta e mulher que admiro muito.
Beijoka*